Cruzeiro e América Empatam sem Gols e Continuam em Situações Ruins

Time celeste segue longe do grupo que vai à Libertadores do ano que vem. POr sua vez, Coelho está cada vez mais perto da segunda divisão…

Por Redacao em 18/09/2011

Bobô e Montillo criaram as principais chances de gol do Cruzeiro contra o Coelho

Time celeste segue longe do grupo que vai à Libertadores do ano que vem. Por sua vez, Coelho está cada vez mais perto da segunda divisão

O Cruzeiro apenas empatou em 0 a 0 com o lanterna América Mineiro, neste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e segue sem vencer há cinco partidas no Brasileirão.

O resultado deixa o time celeste na 14ª posição, com 29 pontos, longe do grupo que garante vaga na Libertadores.

Com o empate, o América Mineiro segue na lanterna do Brasileirão, com 19 pontos. A situação do Coelho começa a ficar dramática na competição. Atualmente, o América está a oito pontos do Bahia, primeira equipe fora da zona do rebaixamento.

Apesar do placar não ter saído do zero, os rivais mineiros fizeram um jogo bastante movimentado em Sete Lagoas. No lance mais perigoso do Cruzeiro na primeira etapa, o atacante Bobô desperdiçou chance de ouro para abrir o placar. Montillo invadiu a área pelo lado direito e cruzou na cabeça de Bobô, que cabeceou e a bola passou raspando o gol de Neneca.

No segundo tempo, André Dias quase colocou o América na frente do placar. Marcos Rocha fez boa jogada pela direita e cruzou na direção do atacante, que chegou com velocidade e de voleio bateu para fora.
FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0X0 AMÉRICA MINEIRO

CRUZEIRO: Fábio; Diego Renan (Gil Bahia), Naldo, Victorino e Everton; Marquinhos Paraná, Charles, Roger e Montillo; Ortigoza e Bobô (Keirrison). Técnico: Emerson Ávila.

AMÉRICA-MG: Neneca; Anderson, Micão e Otávio; Marcos Rocha, Dudu (Leandro Ferreira), Amaral, Irênio (Rodriguinho) e Gilson; André Dias e Kempes (Luciano). Técnico: Givanildo Oliveira.

Renda/público: R$ 128.960,00 / 7.892 pagantes

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Auxiliares: Kleber Lúcio Gil (SC) e Marrubson Melo Freitas (DF)

Cartões amarelos: Roger, Victorino, Charles e Elber (CRU); Kempes, Otávio, Leandro Ferreira e Amaral (AME).

Top