Cromoterapia: o que é

Já pensou em se tratar através das cores? Então saiba que isto é possível de acordo com a cromoterapia. Os estudos realizados nesta área…

Os poderes das cores são estudados desde a Antiguidade.

Já pensou em se tratar através das cores? Então saiba que isto é possível de acordo com a cromoterapia. Os estudos realizados nesta área apontam que as diferentes tonalidades criam sensações, estímulos e até influenciam na saúde das pessoas.

Origem da cromoterapia

A cultura oriental foi responsável por difundir os preceitos da cromoterapia. Sendo assim, a utilização das cores nos processos terapêuticos vem acontecendo desde os tempos mais remotos, quando as antigas civilizações começaram a perceber que as cores tinham um poder diferente.

Egípcios, indianos, gregos e chineses, que viveram na Antiguidade, começaram a perceber que as cores possuíam vibrações específicas, sendo cada tom responsável por gerar um efeito diferente. Apesar da cromoterapia não possuir reconhecimento científico, ela tem sido motivo de estudos que avaliam o poder cromático na saúde humana.

Influências da cromoterapia

A cromoterapia trabalha com o corpo físico e corpo energético.

Nos estudos relacionados às cores, é possível notar um misto de religião e filosofia. Na verdade, a todo o momento existe uma busca por equilíbrio entre mente, corpo e espírito, tendo em vista o bem estar humano.

Os indianos se destacam entre todos os povos por acreditar com mais firmeza na proposta da cromoterapia. Eles valorizam o equilíbrio entre corpo energético e corpo físico, levando em conta que a energia luminosa das cores, também chamada de radiações coloridas, proporciona cura.

No tratamento cromoterápico acontece uma limpeza das energias, considerando o foco de luz correspondente ao chakra (corpo energético) e os filtros coloridos. Para que os poderes das cores sejam explorados, é necessário estudar o caso de cada indivíduo e depois colocar em prática os conceitos da técnica.

Leia Também:  Como ser magra para sempre

O efeito de cada cor na cromoterapia

– Vermelho: melhora a vitalidade e ativa a circulação sanguínea;

– Verde: ajuda no equilíbrio e relaxa os nervos;

– Laranja: também indica vitalidade, mas tem propriedades relaxantes;

– Amarelo: melhora a memorização e fortifica o corpo;

– Rosa: elimina as impurezas;

– Azul: promove o relaxamento e melhora a comunicação;

– Violeta: higienizador

Tratamento cromoterápico

A cromoterapia acredita que algumas doenças podem ser tratadas com o auxílio das cores, como por exemplo, infecções na garganta, psicoses, indigestão, sinusite, tensão nervosa, entre outras.

Procure mais informações a respeito da cromoterapia e descubra como as cores podem transformar a sua vida.

 

Top