Critérios para correção da redação Enem 2015

Critérios para correção da redação Enem 2015

Os critérios para correção da redação Enem 2015 são os mesmos de todos os anos. No entanto, muita gente ainda se confunde na hora…

Por Editorial MDT em 21/05/2015

Os critérios para correção da redação Enem 2015 são os mesmos de todos os anos. No entanto, muita gente ainda se confunde na hora de prestar atenção no tema da prova e conseguir uma boa nota para entrar na universidade ou até mesmo conseguir uma bolsa de estudos. Por isso, confira algumas dicas de como se sair bem na redação de uma vez por todas.

A nota da redação no Enem é bastante importante e merece estudo específico (Foto Ilustrativa)

Critérios para correção da redação Enem 2015

A nota não pode ser revisada, por isso, os estudantes precisam de atenção para alguns detalhes importantes. Uma única redação é corrigida por dois corretores diferentes, por isso, é preciso seguir à risca os critérios de avaliação. São cinco critérios e, cada um, pode valer até 200 pontos, totalizando mil, apenas na redação.

Como cancelar inscrição do Enem?

Confira os critérios

Domínio da norma padrão da língua portuguesa. Aqui cabe atenção a todas as regras de pontuação, gramática, ortografia e outros detalhes sobre a escrita em si. No segundo ponto a ser avaliado, trata-se da compreensão da proposta de redação. Nesse quesito, o candidato precisa verificar atentamente o tema da redação, para não fugir do mesmo e acabar até mesmo zerando a nota da redação.

Não fugir do tema da redação é uma das dicas mais importantes para não zerar a nota (Foto Ilustrativa)

O terceiro ponto trata-se da seleção e organização das informações. Pense sempre basicamente em três aspectos que devem ser considerados na hora de escrever. Primeiro, introduza o assunto, com breves comentários sobre o que é o texto. Depois, explore seus argumentos, explicando o por quê está defendendo tal ponto de vista sobre aquele determinado assunto. Por último, é necessário uma conclusão. Definindo claramente seu posicionamento, mesmo que ele não seja definitivo, mas justificando seu ponto de vista.

A linguagem e o vocabulário devem ser adequados ao tema sugerido para a redação (Foto Ilustrativa)

O quarto ponto condiz com o que eles chamam de “demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto”, ou seja, a linguagem e o vocabulário adequados para o assunto. E, por último, um ponto subjetivo, mas bastante importante, é definido como “elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais”.

Reler e revisar

Lembre-se de reler a primeira versão do texto e revisar antes de passar para a folha definitiva. Dessa forma minimiza as chances de erros e aumenta as chances de conseguir obter uma boa nota.

 

 


Top