Crianças estressadas apresentam mais alergias, diz estudo

Crianças com baixas proporções de cortisol, hormônio ligado ao estresse, possuem menos risco de apresentar doenças alérgicas, segundo um estudo feito por especialistas da…

Imagem: (Foto Divulgação)

Crianças com baixas proporções de cortisol, hormônio ligado ao estresse, possuem menos risco de apresentar doenças alérgicas, segundo um estudo feito por especialistas da Universidade de Karolinska, o qual foi divulgado na edição de dezembro do jornal Allergy and Clinical Immunology.

Segundo os especialistas, a ocorrência de alergias em crianças pequenas tem aumentado nos últimos anos, principalmente nos países ocidentais. Só na Suécia, país onde o estudo foi realizado, de 30% a 40% das crianças possuem algum tipo de alergia. Acredita-se que a união de fatores ambientais e do estilo de vida ao longo da gravidez e no começo da infância seja o responsável pelo agravo desse tipo de doença.

“Fatores psicossociais e o hormônio cortisol estão associados com doenças alérgicas”, diz Fredrik Stenius, do departamento de Pesquisa Clínica e Educação do Hospital Geral do sul de Estocolmo. “Nosso estudo descobriu que crianças com baixos níveis de cortisol na saliva, enquanto ainda bebês, têm menos alergias durante os dois primeiros anos de vida”.

Os especialistas acreditam que fatores associados à regulação do estresse também tem influencia no desenvolvimento de alergias em bebês – e  não apenas em crianças menores.

Conheça o estudo

Título original: Salivary cortisol levels and allergy in children: The ALADDIN birth cohort

Local publicado: periódico The Journal of Allergy and Clinical Immunology

Autores: Fredrik Stenius, Magnus Borres, Matteo Bottai, Gunnar Lilja, Frank Lindblad, Göran Pershagen, Annika Scheynius, Jackie Swarts, Töres Theorell e Johan Alm

Instituto: Instituo Karolinska

Dados de amostragem: Porções da saliva e de sangue de 203 crianças

Conclusão: A ligação entre as concentrações de cortisol na saliva e a presença de sistema alérgico indicam que exista uma associação direta do stress no aumento de doenças alérgicas em crianças.

Leia Também:  Estresse é o principal ensejo de recaídas entre ex-fumantes

Top