Editorial MDT 09/04/2012 Bem Estar

O estresse infantil é cada vez mais comum.

Muitas pessoas se queixam da atual situação da sociedade moderna e sentem saudade do tempo de sua infância, quando as coisas eram aparentemente muito mais simples, as amizades muito mais verdadeiras e os relacionamentos eram diferentes e mais duradouros do que os de hoje. Em parte essas afirmações são verídicas, pois atualmente as crianças são constantemente submetidas a uma enorme carga de estresse, como se isto fosse uma espécie de teste para a vida adulta.

As mudanças que foram provocadas pelo progresso afetaram muito as atividades familiares e hoje os pequeninos são submetidos a um número cada vez maior de tarefas diárias, diferentemente do que ocorria com as crianças de algumas décadas atrás, quando os pais tinham atividades diferentes e sobrava tempo para se envolverem com questões que afetavam a garotada. Hoje é bastante comum as crianças em idade escolar possuírem um segundo trabalho, que pode ser ajudar nas tarefas diárias como cozinhar, limpar e cuidar dos irmãos mais novos.

O equilíbrio é a resposta

Algumas pessoas podem observar o lado bom dessa situação, que é ensinar a criança a ter responsabilidade desde cedo. Enquanto que outros discordam ao afirmarem que mesmo pessoas adultas não conseguem equilibrar o número exagerado de atividades sem acabar se sentindo sobrecarregado.

O fato é que a mente das crianças ainda não está desenvolvida e totalmente pronta para lidar com algumas situações adversas, de modo que a ação de fatores externos pode resultar em estresse ao longo do tempo e acabar gerando um comportamento rebelde, devido a distúrbios psicológicos.

Por isso o ideal é que os pais fiquem atentos e procurem avaliar se seus filhos suportam tanta responsabilidade, lembrando que isso não quer dizer que seja saudável deixar a criança o tempo todo assistindo TV, jogando videogame e fazendo apenas o que lhe convém.

Os excesso de atividades resulta em aumento nos níveis de estresse.

As áreas de estresse

Os fatores geradores de estresse infantil são muitos, mas, sem sombra de dúvida, a cobrança por ser cada vez melhor, seja em esportes ou no desempenho escolar, é a principal causa. Algumas crianças acabam decepcionadas quando não conseguem alcançar os objetivos almejados pelos pais, quando não atingem a performance esperada em jogos ou quando não são convidadas para festas junto com colegas.

O que fazer

É fundamental que os pais sejam compreensíveis com o estresse dos filhos e incentivem a desabafar sobre os assuntos que os atormentam. As crianças precisam ter tempo para estudar, descansar e principalmente brincar, portanto, não é recomendado ocupar todas as horas livres dos pequeninos com atividades como curso de inglês, balé, natação, música e artes marciais, acabando com o tempo reservado para o descanso e lazer.

As brincadeiras funcionam como uma válvula de escape para o público infantil, atuando como um verdadeiro estabilizador para a vida. Portanto, abrir mão de algumas horas de trabalho para brincar os filhos e estabelecer um contato mais íntimo, além de ajudar a criança, resulta na melhora do relacionamento familiar e proporciona a oportunidade perfeita para que sejam reconhecidos os fatores estressantes, garantindo uma melhora da saúde física e mental dos pequeninos.

Arrumar tempo para brincar com os filhos é fundamental.

Outros artigos

Emagreça comendo massa todos os dias

09/02/2015

Emagreça comendo massa todos os dias

Emagreça comendo massa todos os dias e veja como não deixar totalmente o que ama de lado para ficar em forma sempre. A comida acaba sendo algo determinante no seu em...

Passaporte Playcenter Preço

19/05/2010

Passaporte Playcenter Preço

O Playcenter é um parque de diversões de prestígio na capital paulista, responsável por oferecer alternativas de entretenimento para crianças, jovens e adultos. ...

TVs OLED Samsung: saiba mais, preços

28/06/2013

TVs OLED Samsung: saiba mais, preços

De olho no crescente mercado das TVs com tela ultra-fina, a Samsung deu início à venda da sua nova linha de TVs OLED, com os primeiros aparelhos já estando disponíve...