Cortinas para Quarto, Como Escolher

Um dos cômodos mais legais de se pensar em decoração com certeza é o quarto. Tudo bem que normalmente a sala de estar seja…

Por Editorial MDT em 16/08/2011

Um dos cômodos mais legais de se pensar em decoração com certeza é o quarto. Tudo bem que normalmente a sala de estar seja a menina dos olhos de qualquer decorador seja ele profissional ou amador, mas por ser um local social, muitas vezes acabamos colocando freios em nossas vontades. E claro, isso não acontece quando se trata do nosso próprio quarto, sendo portanto um local muito propício para mudanças.

No momento de pensar na decoração do nosso quarto, precisamos pensar em mais do que novas cores nas paredes ou reposicionamento dos móveis. Certos elementos podem fazer toda a diferença nesse momento tão crucial: um deles diz respeito à escolha das cortinas.

De acordo com o site da revista Casa Cláudia, elas são responsáveis pelo visual bem acabado dos ambientes, dosando a luz e evitando que o som desbote os demais tecidos da decoração e a madeira de móveis e pisos. E claro, elas podem dar uma mão e tanto na hora de dar aquele charme. E é preciso pensar em alguns detalhes para encontrar a cortina certa:

– Medidas: É claro que a cortina escolhida deve ser compatível com a altura da parede. De acordo com a preferência incialmente é de que a cortina ideal apenas toque o chão e tenha o caimento leve, devendo o arraste – bainha extra – ter no máximo 4cm. Já as de arraste longo podem acabar dando mais trabalho por prejudicar a circulação e acumular poeira.

– Altura: Ainda segundo informações  existem alturas indicadas para pendurar sua cortina. Se o pé-direito for bem alto instale a cortina a meio caminho entre o teto e a parte superior da janela. Se a sua intenção for obter um efeito de amplidão, você poderá pendurar a cortina o mais alto possível, podendo lançar mão de trilhos que tem fixação apropriada diretamente para o teto. Agora, se a sua janela for baixa, evite instalar o varão ou o trilho logo acima dela, pois restará a sensação de que o pé-direito está achatado.

– Tecido: A escolha do tecido tem impacto no visual e também na manutenção. Cortinas pesadas demandam mais tempo na limpeza, sem contar que pode não ser uma boa escolha diante do clima. Aquelas bem fluidas deixam o quarto bem mais interessante e com o clima super confortável para o seu descanso.

– Cores: Se você gosta de decoração sabe que a escolha das cores tem uma grande importância no ambiente. Cores neutras e claras podem oferecer a sensação de calma que é tão apreciada em quartos, que tanto podem vir através de cortinas lisas quanto com estampas. Agora, se o seu quarto já tem a predominância das cores neutras, pode querer algo que seja mais forte e quente: para obter este efeito pode ser usado também ou uma cortina lisa ou com estampas. Essa escolha dependerá do seu estilo e de sua personalidade.

E então? Pronta para escolher a cortina dos seus sonhos? Então comece a se planejar!

Top