Cortinas e tapetes para o quarto do bebê

O quarto do bebê requer uma decoração confortável e de bom gosto, capaz de deixar a criança tranquila nos seus primeiros meses de vida.…

A cortina e o tapete combinam na decoração do quarto do bebê.

O quarto do bebê requer uma decoração confortável e de bom gosto, capaz de deixar a criança tranquila nos seus primeiros meses de vida. O planejamento deste ambiente começa meses antes do nascimento, sendo que os pais se responsabilizam pela escolha do tema, dos móveis, acessórios e têxteis.

Um fator que influencia na escolha dos elementos para decorar o quarto do bebê é o sexo. Quando se trata de uma menina, os pais se alegram para montar um quarto cor-de-rosa, romântico e delicado. Já no caso de um menino, o ambiente normalmente recebe uma decoração meiga e divertida com tons de azul. Existem ainda os casais que fogem do padrão e apostam em outras cores e temas diferentes para montar uma estética mais autêntica.

Independente da identidade visual que o quarto adquire, é importante que ela não comprometa o bem-estar e a qualidade de vida do bebê. O ambiente deve favorecer o conforto e a praticidade do dia-a-dia, sem esquecer de que o espaço será importante para a criança brincar, descobrir, aprender e se desenvolver.

Para que o bebê não sofra com alergias ou desconfortos, os pais devem escolher têxteis apropriados para o quarto. O tapete e a cortina possuem liberdade para incorporar as gravuras e cores do tema da decoração, mas não podem comprometer a frágil saúde da criança.

Cortinas do quarto do bebê: como escolher?

Cortinas pequenas, delicadas, de algodão e antialérgicas.

As melhores cortinas para vestir a janela do quarto do bebê são confeccionadas com algodão branco e permitem a entrada da luz natural de forma suave e agradável. Elas se mostram práticas, podendo ser instaladas com varões ou argolinhas. Como se trata de um quarto infantil, o tecido pode ser mais curto, estampado e colorido com tons pastéis de acordo com o tema.

Leia Também:  Arranjos de mesas para decoração

Como a cortina não decora sozinha o quarto do bebê, ela deve combinar com os demais elementos, principalmente os outros têxteis. As peças precisam se ajustar na decoração com harmonia e não apenas vestir as janelas, mas também proteger o bebê. Quando o modelo de cortina é bem escolhido, ele consegue amenizar o frio, o calor, o vento ou  excesso de luz que prejudica a criança.

Conheça outras opções: Cortinas para quarto de bebê, fotos

Tapetes do quarto do bebê: como escolher?

Tapete confortável e convidativo reveste o piso.

O tapete aumenta a sensação de conforto e aconchego no cômodo, além de deixar o chão mais seguro. No inverno, a peça não enfeita apenas o espaço, mas também desempenha o papel de tornar a área mais quentinha. Quando o piso do quarto é muito gelado, como é o caso do porcelanato, o tapete redondo ou retangular se revela uma opção para amenizar a frieza do material.

O tapete para o quarto do bebê é encontrado em várias estampas, cores e tecidos. Ele não acumula ácaro, não causa alergias e nem irritações. Deve ser confeccionado com um material fácil de lavar e se harmonizar com o restante da decoração.

Saiba mais: Tapetes para quarto de bebê, os mais indicados

Top