Cordel Encantado – Músicas, Personagens

Uma novela encantadora. Assim tem sido o folhetim global Cordel Encantado que começou a ser exibida em 18 de abril, no horário das 18…

Uma novela encantadora. Assim tem sido o folhetim global Cordel Encantado que começou a ser exibida em 18 de abril, no horário das 18 horas. A novela conta a história da união de dois mundos diferentes como o cangaço e o reino de Seráfico após a morte da esposa do rei Augusto, o sumiço da sua filha e o roubo de um grande tesouro.

Ainda recheada por elementos indispensáveis para o sucesso de uma novela como o amor entre Jesuíno e Açucena – que é a princesa Aurora desaparecida – e a inveja de Timóteo, o amor fora dos padrões entre o rei Augusto e uma servente de Brogodó e a ambição desenfreada de Úrsula e seu mordomo tem feito desta trama um enredo apaixonado e apaixonante.

Os personagens da novela Cordel Encantado, além da ótima produção que envolve a trama, tem sido um conjunto de sucesso, responsável por alavancar a audiência das 18h na Globo que não andava muito bem das pernas com o fiasco do último capítulo da sua antecessora, a Araguaia.

Os interessantes personagens de Cordel Encantado é que são os principais elementos desta história que já é sucesso. Jesuíno, interpretado por Cauã Reymond, é um típico sertanejo que ama muito a sua noiva Açucena, interpretada por Bianca Bin, uma atriz revelação que já está entre as melhores da Globo na nova geração.

O rei Augusto, interpretado por Carmo Della Vechia, que veio com toda a sua comitiva para Borogodó em busca da sua filha princesa tem dado um show de interpretação com um rei simpático e que nem por isso perder o ar de soberania que deve ter um rei. A estes personagens, some as atitudes hilárias do prefeito de Brogodó e sua primeira-dama Ternurinha, feita com muito humor por Zezé Polessa.

Continuar Lendo  Heróis Anônimos do 11 de Setembro - Documentário da BBC

O cangaço também ganhou um aspecto interessante na novela de autoria de Duca Rachid e Telma Guedes, mostrando pessoas humanas e não apenas aquelas marcadas pelo derramamento de sangue e violência construídas no imaginário das pessoas. E assim uma nova forma de ver o sertão começa a ser apresentada as pessoas. E não vamos nos esquecer da filha do prefeito, a delicada mais forte Dorinha, feita por Natália Dill e o príncipe Filipe interpretado por Jayme Matarazzo que dá mais um encanto ao reino de Seráfico.

A trilha sonora de Cordel Encantado é outra coisa maravilhosa e que tem tudo a ver com a trama que mistura vida urbana e rural ao mesmo tempo. É por isso que as canções trazem o tom brejeiro de canções de ninar e de amar como é o caso da música de abertura cantada e composta por Gilberto Gil entre outras maravilhas da MPB.  E assim, entre flor da caatinga e as paisagens de um reinado europeu que teve como cenário a Europa, a novela Cordel Encantado encanta a todos os seus telespectadores. Uma mistura de boas atuações e delicadas produções têm feito deste folhetim um grande sucesso em audiência em menos de um mês no ar.

Top