Conta de luz: como reduzir

Reduzir os gastos de energia é fundamental para quem quer economizar. Entretanto, sabemos que essa não é uma tarefa fácil, ainda mais porque o…

Reduzir os gastos de energia é fundamental para quem quer economizar. Entretanto, sabemos que essa não é uma tarefa fácil, ainda mais porque o número de aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos disponíveis em nossas casas não para de aumentar.

Se antes, apenas itens como chuveiro, geladeira e ferro de passar eram os principais responsáveis pelos gastos na conta de luz, hoje tais despesas são compartilhadas com aparelho de som, DVD, microondas, computador, ar condicionado, ventilador, home theater, impressora, entre outros produtos.

Redução na conta de luz

O impacto da redução para o Tesouro Nacional será de R$8,460 bilhões. (Foto: Divulgação).

A partir desta quinta feira (24/05), começaram a valer as novas tarifas de energia, que devem proporcionar aos consumidores domésticos um corte de 18% na conta de luz. Já o desconto para a indústria, comércio e agricultura será de 32%. Em ambos os casos, os índices superaram a redução prevista, que era de 16% e 20% para residências e indústria, respectivamente.

De acordo Julião Coelho, diretor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), essa redução deve custar ao Tesouro Nacional cerca de R$8,460 bilhões. O anúncio do impacto do corte para o Brasil foi feito durante a leitura do relatório sobre a quota anual da Conta de Desenvolvimento Energético para 2013.

Veja dicas de como economizar energia elétrica na decoração.

Como reduzir os gastos de energia

Com empenho e muita atenção, você pode ter uma economia de até 20% em sua conta de energia. (Foto: Divulgação).

Saiba que, além da economia oferecida pelo governo, você pode reduzir ainda mais os seus gastos com a conta de luz. Para isso, basta colocar em prática algumas orientações, as quais listaremos a seguir:

Leia Também:  Crédito Pessoal Todo seu BB

• Substitua as lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes ou de LED;
• Em lugares como a garagem e a varanda, uma dica interessante é colocar sensores de presença para evitar que as lâmpadas permaneçam acesas por muito tempo;
• Retire os aparelhos eletrônicos da tomada (TV, DVD, aparelho de som) quando eles não estiverem sendo usados. Mesmo em stand by, esses equipamentos consomem energia;

Saiba também como evitar choques elétricos.

Apesar de mais caras, as lâmpadas fluorescentes proporcionam uma economia muito maior. (Foto: Divulgação).

• Instale um time no chuveiro para limitar o tempo de banho em sua casa. Dez minutos para cada um já é mais do que suficiente;
• Opte por passar a roupa toda de uma vez. Usar o ferro de forma “parcelada” contribui para um gasto maior de energia;
• Na hora de comprar um eletrodoméstico, prefira os equipamentos com o Selo Procel, que indica quais são os modelos que consomem menos energia;
• Evite o uso dos benjamins, já que o acúmulo de ligações na mesma tomada facilita as perdas elétricas.

Colocando essas dicas em prática, você vai ter mais motivos para sorrir quando as contas chegarem em sua casa!

Top