Consumo de frutose pode fazer bem à saúde

Isabella Moretti 26/06/2012 Notícias

Pequenas quantidades de frutose fazem bem à saúde.

Uma pesquisa canadense conduzida pelo Hospital St. Michael, em Toronto, revelou que a frutose, um tipo de açúcar obtido de frutas, xarope de milho, mel e cereais, não faz tão mal à saúde. Na verdade, quando a substância é consumida moderadamente, ela pode ser benéfica para a saúde humana. As conclusões obtidas pelo estudo serão publicadas no periódico Diabetes Care no próximo mês.

Os benefícios da frutose para a saúde

Nas pesquisas anteriores, alguns estudiosos levantaram a hipótese de que a frutose contribuía com a incidência de obesidade. Entretanto, concluiu-se que a associação só é possível quando existe o consumo excessivo do açúcar. Nos estudos realizados recentemente no Canadá, o objetivo consistiu em comprovar os benefícios da frutose para o organismo.

Estudo comprova que a ingestão moderada de frutose ajuda no controle das taxas de açúcar no sangue.

A equipe de pesquisadores canadense analisou 18 estudos anteriores sobre a frutose, que envolveram 209 participantes diagnosticados com diabetes tipo 1 ou tipo 2. De acordo com as conclusões obtidas, o consumo de frutose em pequenas quantidades ajuda a manter o controle das taxas de açúcar no sangue, agindo no organismo de forma semelhante às substâncias orais para tratar diabetes. A pesquisa ainda mostrou que a ingestão moderada de frutose não está associada ao ganho de peso, não eleva a pressão arterial e nem o colesterol ruim.

Segundo Adrian Cozma, um dos autores da pesquisa canadense, a frutose pode aumentar a proteção do organismo, quando consumida sem exagero.

Saiba mais: Comer frutas pode diminuir problemas decorrentes da diabetes

Os efeitos negativos da frutose

O exagero de frutose pode ser tão perigoso como a glicose.

O consumo excessivo de frutose causa sérios danos à saúde, sobretudo se o indivíduo sofre de diabetes ou tem predisposição para a doença. Em grandes quantidades, o açúcar que provém das frutas eleva os níveis de colesterol e triglicérides no sangue. Quando a substância está presente de forma exagerada na dieta alimentar, ela também contribui com o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e com a síndrome metabólica.

Várias pesquisas já comprovaram os males do alto consumo de frutose, além do que este tipo de açúcar pode ser tão perigoso quanto a glicose. A substância em excesso é responsável por sobrecarregar o fígado, causando o acúmulo de gordura no órgão e até mesmo conduzindo a um quadro de hepatite não-alcóolica.

A frutose é um açúcar muito usado na fabricação de alimentos industrializados, pois possui um sabor mais doce e serve de adoçante. Ela é metabolizada diretamente pelo fígado e não necessita de insulina para que aconteça a quebra primária.

Veja também: 5 opções para substituir o açúcar

Outros artigos

Preço do IPVA vai aumentar em 2022

24/09/2021

Preço do IPVA vai aumentar em 2022

Segundo dados divulgados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), em 2022 ocorrerá um aumento no IPVA, imposto pago ao estado para todos os que possue...

Blusas Masculinas Billabong

18/04/2011

Blusas Masculinas Billabong

Os homens modernos estão cada vez mais em busca de qualidade e estilo. Por isso todas as grifes estão se aperfeiçoando para oferecer peças cada vez mais sofistic...

Garden Hotel – Endereços, Reservas

06/07/2010

Garden Hotel – Endereços, Reservas

O Garden é um luxuoso hotel localizado na cidade de Goiânia, capital do estado de Goiás. Nessa época do ano é comum cidades de todo o Brasil receberem pessoas de...