Consulta FAP INSS Previdência

O  FAP,( Fator Acidentário de Prevenção), o fap seguro-acidente deriva do artigo 1º da constituição federal que estabelece como um dos princípios do Estado…

O  FAP,( Fator Acidentário de Prevenção), o fap seguro-acidente deriva do artigo 1º da constituição federal que estabelece como um dos princípios do Estado de Direito o valor social do trabalho, é estabelecido sobre pilares estruturados em garantias sociais tais como: o direito à saúde, à segurança, à previdência social e ao trabalho. Muitas pessoas buscam fazer consulta FAP INSS Previdência para se atualizar dos valores.

Consulta FAP INSS Previdência (Foto: Divulgação)

Consulta FAP INSS Previdência

O fator acidentário é um multiplicador, que varia de 0,5 a 2 pontos, a ser aplicado às alíquotas de 1%, 2% ou 3% da tarifação coletiva por subclasse econômica, incidentes sobre a folha de salários das empresas para custear aposentadorias especiais e benefícios decorrentes de acidentes de trabalho. Muitas empresas costumam fazer a consulta FAP INSS Previdência para custear aposentadorias especiais e benefícios que podem ocorrer dentro do ambiente de trabalho.

O FAP 2018 possui tabela atualizada (Foto: Divulgação)

Como é feita a base de cálculo do FAP?

Base de cálculo – O FAP varia anualmente. É calculado sempre sobre os dois últimos anos de todo o histórico de acidentalidade e de registros acidentários da Previdência Social, por empresa. O fator incide sobre as alíquotas das empresas que são divididas em 1.301 subclasses da Classificação Nacional de Atividade Econômica (CNAE 2.0). A nova metodologia: Resolução CNPS Nº 1.316 – aprovada pelo Plenário do Conselho Nacional de Previdência Social – CNPS em 2010 e em vigor desde janeiro de 2011. Esta metodologia não trouxe qualquer alteração na contribuição das pequenas e microempresas, já que elas recolhem os tributos pelo sistema simplificado, o Simples Nacional.

Com o FAP o trabalhador estará mais seguro (Foto: Divulgação)

Valor atualizado do FAP

A Previdência Social disponibilizou em setembro de 2010 os valores do Fator Acidentário de Prevenção – FAP 2010, vigência 2011, de 922.795 empresas – integrantes de 1.301 subclasses ou atividades econômicas. O fator acidentário foi atualizado com base no histórico de acidentalidade de 2008 e 2009, alterando as alíquotas da tarifação individual por empresa ao seguro-acidente (alíquota Riscos Ambientais do Trabalho – RAT, de 1, 2 ou 3%). Do total das empresas, 91,52% (844.531) foram bonificadas na aplicação do RAT (FAP na faixa bonus). Estre essas, 776.930 terão a maior bonificação possível de acordo com a nova metodologia do FAP (Resolução CNPS 1.316/2010), ou seja FAP = 0,5000.

Fator Acidentário de Prevenção FAP (Foto: Divulgação)

Onde consultar o valor do FAP 2017 e 2018

O Fator Acidentário de Prevenção 2015 e 2016 poderá ser consultado diretamente no site da previdência social no link https://www2.dataprev.gov.br/FapWeb/pages/login.xhtml. Para que você possa obter os resultados que deseja, lembre-se de preencher os campos necessários corretamente, acesse o site da previdência social para que você possa realizar a consulta. Lembrando você caro leitor que a Consulta FAP INSS poderá ser realizada para que você possa saber o valor a ser recebido em caso de acidente no trabalho, esse valor será calculado sobre os períodos anteriores englobando acidentes e doenças do trabalho que levam trabalhadores aos postos de atendimento do INSS visando algum tipo de auxilio ou afastamento.

Leia Também:  Cursos Técnicos em Saúde CBES

Caso você sofreu algum tipo de acidente ou adquiriu algum tipo de doença e a origem desses fatores tenham sido o seu emprego, não deixe de consultar o INSS para que você possa realizar as consultas FAP Dataprev, para saber se você terá direito ao auxilio ou não.

Top