Constipação em cães: como tratar

Constipação em cães: como tratar

Os donos devem ficar atentos a qualquer alteração que os cães podem apresentar durante a vida. Pouca gente sabe, mas os animais podem apresentar…

Por Editorial MDT em 26/09/2013

Os donos devem ficar atentos a qualquer alteração que os cães podem apresentar durante a vida. Pouca gente sabe, mas os animais podem apresentar dificuldades para evacuar, podendo ser a primeira manifestação de alguma doença. Saiba como tratar a constipação em cães.

Em geral, os cães que apresentam constipação perdem o apetite. (Foto: divulgação)

Saiba mais sobre a constipação

Os donos devem ficar atentos e buscar a orientação de um especialista quando o cão não defeca a mais de dois dias. Isso é significado de o animal está apresentando constipação. Este é o termo utilizado para denominar a defecação ausente, pouco frequente ou difícil, na qual ocorre o acúmulo de fezes no intestino do cão.

Causas da constipação em cães

A constipação pode atingir qualquer raça de cães. No entanto, aqueles que apresentam meia-idade a idosos, estão mais propensos a apresentar o problema. Em geral, a causa mais comum está relacionada a baixa ingesta de água, sendo responsável em tornar as fezes mais duras e secas. Conheça outros fatores associados ao desenvolvimento da constipação em cães.

  • Problemas hormonais;
  • Artrite;
  • Trauma ou doença no disco intervertebral;
  • Acometimento nervoso;
  • Presença de massas que bloqueiam o trato digestório, como pólipos ou neoplasias;
  • Infecções de glândulas anais localizadas próximas ao ânus;
  • Paralisia e fraqueza muscular;
  • Problemas da tireoide;
  • Baixos níveis de potássio.

    Diante da dificuldade em defecar, é importante levar o cão ao veterinário. (Foto: divulgação)

Manifestações clinicas da constipação em cães

Um dos sinais mais comuns e que é comumente visto pelos donos é o esforço que o cão frequentemente apresenta na hora de defecar. Além disso, as manifestações clinicas da constipação no cão, pode incluir:

  • Esforço para defecar;
  • Fezes secas, pequenas e duras;
  • Vermelhidão e inchaço na região anal;
  • Dor na região anal;
  • Falta de apetite;
  • Perda de peso;
  • Letargia;
  • Depressão;
  • Vômitos;
  • Dor abdominal.

Aprenda a fazer o diagnóstico da constipação em cães

Para que o especialista consiga realizar o diagnóstico de constipação no cão, é ideal que o dono conheça o histórico completo da saúde do animal. Além disso, o veterinário realizará um exame físico completo, associado a realização de exames complementares. Estes incluem radiografia, ultrassonografia, exames de sangue, urina, entre outros.

Tratamento para a constipação em cães

Diante da suspeita de que o cão está apresentando constipação, é importante que o dono leve o animal para um especialista. Através da avaliação do veterinário, é possível identificar as causas do problema e escolher as melhores opções para o tratamento do cão. Entre os objetivos do tratamento, podemos citar a reidratação, a limpeza do intestino com a retirada das fezes e a identificação com posterior tratamento específico do problema.

Saiba mais sobre o tratamento para constipação em cães. (Foto: divulgação)

A constipação em cães é um problema pouco comum, mas real. É importante que os donos fiquem atentos às alterações que os seus animais de estimação podem apresentar. Diante da constipação em cães e após conhecer mais sobre o tratamento, é ideal buscar a orientação de um especialista e evitar qualquer consequência futura.

Top