Conheça os problemas que mais aterrorizam os pais

A maioria das mães sofrem com os filhos na adolescência. Elas costumam fazer de tudo para entendê-los, porém possuem enormes dificuldades. De acordo com…

A maioria das mães sofrem com os filhos na adolescência. Elas costumam fazer de tudo para entendê-los, porém possuem enormes dificuldades. De acordo com o hebiatra Marcelo Nunes Iampolshy, a conversa é o elemento fundamental, a qual deve ser iniciada desde a infância, para que a criança cresça habituada a  dizer tudo para os pais.

Primeiro vem o papo, depois a negociação e aí, sim, a confiança. Se tudo for conversado, o filho começa a achar natural falar sempre a verdade e discutir o que é certo ou é errado”, afirma. Confira a seguir, os cinco problemas que mais apavoram os pais, e saiba como colocá-los na linha!

1. Drogas

Os pais precisam conscientizar os filhos sobre os perigos que as drogas podem acarretar. Existem quatro passos que, se realizados corretamente, certamente afastarão os adolescentes desse vício. Veja:

– Procure incentivar seu filho a estudar, seguir uma carreira no futuro ou fazer algum curso de sua preferência.

– Praticar esporte e outros cursos de dança, teatro ou música podem ajudar a protegê-lo dos perigos.

– Conhecer os amigos também é importante. Convide um grupo para uma reunião na sua casa, seja para estudar ou para festas. Assim você saberá quais são os amigos com quem seu filho anda, e se há alguém que pode prejudicá-lo.

– Converse sempre. Seja sobre um programa de TV ou para alertá-lo de alguma situação perigosa. Explique as consequências que um determinado ato pode acarretar.

2. Sexo

As meninas menstruam por volta dos 11 anos, o que denota que é bom começar a falar desde cedo sobre gravidez. “Elas chegam à adolescência com conceitos errados e com muita curiosidade”, afirma Marcelo.

Leia Também:  Como falar com os filhos sobre a separação

O desafio é conversar sobre esse assunto de maneira natural e passar todas as informações necessárias. É importante ressaltar que conversar sobre sexo, não vai estimulá-la a fazer sexo. O que instiga é a mídia, os impulsos os amigos. Como a sexualidade vai ser despertada é de qualquer forma, o melhor caminho é a informação.

3. Mentira

Na puberdade os jovens se aproximam do amigos e se afastam  dos pais. Assim, podem surgir algumas mentiras como dizer que está num lugar, e na verdade estar em outro. “Você pode diminuir a distância participando da vida dele. Saiba do que ele gosta e qual a sua opinião sobre os assuntos. É preciso confiar nele e dar condições para que ele diga a verdade”, diz o especialista.

4. Cigarro e bebida

Como o cigarro e a bebida são legalizados, vai ser difícil afastá-los do vício. Assim, o elemento fundamental nesse caso, vai ser a conversa a qual vai mostrar o quanto pode ser ruim. Proibi-los não resolverá nada.

5. Preguiça

É preciso desde cedo mostrar o valor do dinheiro e a seriedade de estudar e trabalhar. O adolescente precisa entender porque isso é necessário. Uma ótima maneira de incentivá-lo com as obrigações é ensiná-lo a ajudar em funções básicas, como arrumar a cama e levar uma louça de vez em quando.

Top