Conheça os motivos para tomar anticoncepcional

A pílula anticoncepcional é muito conhecida, atualmente, por evitar a gravidez não desejada, a qual possui eficácia de 99% em todos os casos. No…

A pílula anticoncepcional é muito conhecida, atualmente, por evitar a gravidez não desejada, a qual possui eficácia de 99% em todos os casos. No entanto, segundo pesquisa da Universidade Ferderal de São Paulo (Unifesp), devido a uma diminuição dos hormônios contidos nos anticoncepcionais orais, eles também ajudam a evitar uma lista de doenças, as quais vão desde espinhas até cisto no ovário. Confira abaixo algumas das doenças combatidas pelo medicamento.

Endometriose

Essa doença ocorre quando o endométrio (tecido que cobre o interior do útero) cresce fora da cavidade do órgão, o que faz que algumas células, as quais deveriam revestir o útero, se instalem em outras regiões do corpo e comportando-se como se estivessem no útero. Este é o processo que resulta no sangramento menstrual, o qual provoca as famosas cólicas menstruais. Desse modo os anticoncepcionais quando ingeridos corretamente reduzem um hormônio, denominado estrogênio, (essencial para conter as reações dentro do endométrio) que automaticamente impedem o crescimento indesejado.

Melhora pele e cabelos oleosos

Geralmente após três meses ingerindo o medicamento, já se nota um benefício na aparência do cabelo e da pele. Isso é devido a três hormônios sintéticos: ciproteroma, drospirenona e gestodeno, que visam regular a oleosidade excessiva da pele como reduzir o aparecimento de cravos e espinhas. Além de causar um efeito na textura do cabelo, deixando os fios sedosos.

Acaba com a síndrome do ovário policístico

A síndrome do ovário policístico é comum em mulheres em idade fertil. É um distúrbio que se revela de vários modos, a acne é um dos mais conhecidos, mas também a irregularidade menstrual, oleosidade excessiva da pele, manifestação de pelos mais graúdo no rosto e nas costas. Para estas ocorrências, são recomendados anticoncepcionais com ciproterona, os quais tendem a amenizar os efeitos.

Leia Também:  Dicas de maquiagem com cílios de boneca

Suaviza os sintomas da TPM

Pesquisas recentes divulgam que a grande maioria das mulheres sofrem ou já sofreram algum dia com a tensão pré menstrual. As pílulas anticoncepcionais de uso prolongado, as quais podem ser ingeridos sem interrupção para menstruar, são ótimas alternativas, pois possuem efeito diurético, o qual evita dores no seio, inchaço e ainda diminuem a ansiedade, a depressão, o nervosismo e a irritação, comportamentos típicos desse período.

Reduz crises de dor de cabeça

É normal sentir o incômodo durante o período de dois meses, o qual é o de adequação a pílula. No entanto, se estiver tomando o remédio corretamente já poderá sentir o alívio nas dores de cabeça. Os contraceptivos sem estrogênio com hormônios noretisterona ou progesterona lavonorgestril são os mais indicados, mas se você sofre com dores muito fortes é recomendável que procure um neurologista, pois neste caso o remédio não surtirá efeito.

Para aquelas que não tomam o anticoncepcional, mas  pretendem, o ideal é consultar um dermatologista antes de qualquer atitude, pois, ele saberá indicar qual remédio certo para seu tipo de organismo.

 

Top