Conheça diferentes tipos de chocolates e seus sabores

O chocolate é uma das maiores delícias doces que existe no mundo. Em cada parte do globo, o item é consumido de um modo,…

Por Élida Santos em 12/02/2013

O produto a base da cacau é muito saboroso (Foto: Divulgação)

O chocolate é uma das maiores delícias doces que existe no mundo. Em cada parte do globo, o item é consumido de um modo, já que possui muitas vertentes e receitas que dão sabor a esse produto. O chocolate em pó, por exemplo, é produzido com amêndoa de cacau moída, sem a adição de manteiga. Ele é muito utilizado em receitas de bolo e doces, podendo ter diferentes níveis de açúcar. Esse tipo de chocolate pode também ser misturado com bebidas, como por exemplo, o leite.

As pessoas gostam de saborear esse produto em forma de bombons com recheios feitos de frutas ou outros ingredientes, ou em barras. O chocolate em sua forma mais pura é o amargo, que é feito do cacau torrado sem a adição de leite. Além do cacau, esse tipo de chocolate leva apenas açúcar. Nesse caso existem as variações extra amargo (75 a 85% de cacau), amargo (50 a 75%) e meio amargo (35 a 50%). Ele é mais usado como base de receitas em confeitarias e caracteriza-se pela cor escura e paladar amargo.

Os bombons fazem sucesso entre os brasileiros (Foto: Divulgação)

O item mais apreciado pelos brasileiros é o chocolate ao leite. Em sua composição está o leite em pó ou leite condensado. A maioria dos fabricantes europeus usam leite condensado, conforme escolha original de Peter e Nestlé, enquanto os produtores britânicos e norte-americanos utilizam o leite em pó. Neste tipo doce os teores de cacau estão entre 30 e 40%, não sendo tão saudável quanto o amargo ou meio amargo.

O produto pode ser encontrado em vários formatos (Foto: Divulgação)

O chocolate que tecnicamente não faz parte da família do produto é o branco. Esse doce tem como base a manteiga de cacau e não o fruto em si, como acontece com os demais, o que faz com que ele não possua o gosto característico do cacau. Foi criado apenas no século XX, sendo o mais doce de todos, tendo 59% de açúcar. O sabor também ganhou adeptos em toda parte do mundo. Mas se você não gosta de açúcar e quer tão saboroso quanto o original, também existem as versões diet, que são mais nobres e delicadas por não terem em sua composição nenhum tipo de gordura. A linha diet, apesar de não ter açúcar, é tão calórica quanto o original.

Top