Conheça as regras para conseguir bolsas de pós-graduação

Muitos profissionais não estão limitando o currículo a um curso de graduação. Eles buscam ampliar os conhecimentos em uma determinada área através de um…

Muitos profissionais não estão limitando o currículo a um curso de graduação. Eles buscam ampliar os conhecimentos em uma determinada área através de um programa de pós. Esta formação avançada faz com que o indivíduo saia na frente na disputa por vagas de emprego.

O Brasil tem diferentes fontes de financiamento de pós-graduação. (Foto:Divulgação)

O mestrado normalmente tem duração de dois anos. Já o doutorado costuma ser concluído em quatro anos.

Como conseguir uma bolsa de pós?

Para conseguir uma bolsa de mestrado ou doutorado, o estudante precisa saber que existem três fontes de financiamento no Brasil: a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), o CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa. O Programa Ciência sem Fronteiras também é uma forma de se qualificar com bolsas.

O valor da bolsa varia de acordo com a modalidade e fonte de financiamento. A Capes e o CNPq pagam R$1.500 para mestrado, R$ 2.200 para doutorado e R$ 4.100 para pós-doutorado.

Bolsa de pós pela CAPES

A CAPES é criteriosa para selecionar os estudantes de mestrado e doutorado. (Foto:Divulgação)

A CAPES distribui as bolsas diretamente às instituições parceiras (particulares e públicas). Os critérios de seleção levam em conta o currículo do profissional, como a quantidade de publicações, publicações de professores, desempenho acadêmico e tempo de defesa da tese.

As regras de bolsas da CAPES podem variar de uma instituição particular para uma pública. Em todo caso, o aluno vai precisar se dedicar de forma integral ao curso de pós- graduação.

Continuar Lendo  Revalida 2013: inscrições

Bolsa de pós pelo CNPq

O CNPq costuma ser mais flexível para conceder recursos. As bolsas são fornecidas diretamente aos cursos de pós e instituições de ensino. As regras são iguais para ensino superior público e privado.

Bolsa de pós pelas fundações estaduais

As fundações de amparo à pesquisa também fornecem bolsas. (Foto:Divulgação)

Todos os estados brasileiros possuem fundações de amparo à pesquisa, exceto Rondônia, Roraima e Tocantins. Os recursos voltados para bolsas de pós-graduação possuem diferentes origens.

Entre as fundações que trabalham com bolsas de pós, vale ressaltar Fapesp (SP), Faperj (RJ), Facepe (Pernambuco), Fap-DF (Distrito Federal), Fapergs (RS). As regras do processo seletivo e os valores são determinados por cada fundação.

Bolsa de pós pelo Ciência sem Fronteiras

O Programa Ciência sem Fronteira é uma iniciativa do governo para distribuir bolsas de pós-graduação no exterior. Há uma estimativa de enviar 100 mil universitários para outros países até 2015. Para participar do CsF é necessário estar de acordo com as regras dos editais das instituições estrangeiras.

Top