Conheça as queixas mais frequentes das gestantes

Durante a gestação, o corpo da mulher sofre transformações que geram sintomas, na maioria das, difíceis de serem controlados. As alterações que o corpo…

Durante a gestação, o corpo da mulher sofre transformações que geram sintomas, na maioria das, difíceis de serem controlados.

As alterações que o corpo da mulher sofre durante a gestação, produzem manifestações no organismo que, muitas vezes, podem ser diagnosticadas como “doença”, principalmente, por aqueles que desconhecem o seu real significado. Perante isso, muitas condutas erradas são tomadas. Por isso, iremos dar aqui algumas orientações quanto às manifestações e queixas, mais comuns, que podem ocorrer durante uma gestação, algo que é geralmente ocasional e transitório.

        1. Náuseas, vômitos e tonturas

  • Aparecem no início da gestação devido ao hormônio que aparece logo após a fecundação, o beta-hCG (gonadotrofina coriônica humana);
  • Para diminuir sua frequência, é necessário que a gestante faça uma alimentação mais fracionada, por volta de seis refeições diárias;
  • Evite frituras, gorduras e alimentos com cheiros fortes, assim como ingerir líquido durante as refeições;
  • Caso ocorra persistência dos sintomas, procure um atendimento especializado, que verificará a necessidade da introdução de medicamentos.

       2. Azia

  • Do mesmo modo que a queixa anterior, é necessário que a gestante realize refeições fracionadas;
  • Fique atenta aos alimentos que deve evitar, como: chá preto, café, mates, doces, alimentos gordurosos ou picantes, álcool e cigarro.

        3. Salivação excessiva (sialorréria)

  • Sintoma muito comum do início da gestação;
  • Como anteriormente sugerido, realize refeições fracionadas;
  • Não cuspa a saliva e sim a engula, para evitar possível desidratação;
  • Tome líquidos em abundância, em especial nas épocas de calor.

       4. Fraquezas e desmaio

  • Evite realizar mudanças bruscas de posição;
  • Evite jejum prolongado, realizando a refeição fracionada;
  • Quando aparecer a sensação de desmaio, sente com a cabeça abaixada ou deite de lado, respirando profundamente. Essa atitude ajuda a amenizar a sensação de desmaio.
Leia Também:  Problemas de saúde causados por poluição

       5. Dor abdominal, cólicas, gases e alteração do hábito intestinal (lentidão)

  • Sempre descartar contração uterina;
  • Se apresentar flacidez abdominal, procure o médico e questione quanto à prática de exercícios físicos;
  • Em caso de gases e hábito intestinal lento, opte por dietas ricas em fibras, como frutas laxativas, verduras e cereais, além de aumentar a ingestão de líquidos;
  • Realize caminhadas.

       6. Presença ou aparecimento de hemorroidas e sangramento

  • Dar preferência à dietas ricas em fibras;
  • Não usar papel higiênico áspero;
  • Fazer higiene anal com água e sabão, após evacuação;
  • Se caso persistir o sangramento, procure um médico imediatamente.

   7. Queixas urinárias

  • Muito comum no início da gestação, a mulher relatar aumento das idas ao banheiro, em decorrência do aumento uterino, sendo observada, novamente, no fim da gestação;
  • Procurar atendimento médico, o qual realizará exames para excluir infecção urinária, que pode ser muito grave durante a gravidez.

       8. Falta de ar e dificuldade para respirar

  • São frequentes devido a compressão do diafragma, músculo que colabora na respiração, pelo aumento uterino;
  • Realizar repouso, em posição lateral.

9. Dor nas mamas

  • Nunca deixar de usar o sutiã para que ocorra sustentação eficiente;
  • Realizar o manejo adequado para colaborar com a amamentação.

      10. Dor lombar (nas costas)

  • Correção da postura ao sentar ou andar;
  • Fazer uso de sapatos confortáveis;
  • Procurar o aconselhamento médico quanto à utilização de medicamentos para dor, caso ocorra persistência dos sintomas.

       11. Sangramento nas gengivas

  • Fazer uso de escovas macias;
  • Massagear as gengivas;
  • Quando possível, procurar atendimento odontológico.

       12. Varizes

  • Não permanecer muito tempo em pé ou sentada;
  • Quando for repousar, eleve as pernas acima do tórax, por pelo menos 20 minutos;
  • Evitar o uso de roupas justas;
  • Converse com seu médico quanto a utilização de meias elásticas compressivas, durante a gestação. Em muitos casos, elas evitam o aparecimento das varizes.
Leia Também:  Maquiagem HD: o que é, como usar

       13. Câimbras

  • Sempre que elas aparecerem, massageie o músculo afetado e aplique calor no local;
  • Aumente o consumo de alimentos ricos em potássio e cálcio, como bananas e leite;
  • Não faça exercícios físicos exaustivos.

      14. Estrias

  • São ocasionadas pela distensão da pele, além do seu limite;
  • Até o momento não existe comprovação de métodos eficazes na sua prevenção; sabe-se que o uso de cremes hidratantes podem diminuir sua aparição, mas não existe nada cientificamente comprovado.

Top