Conheça 5 Formas de Evitar Pedra no Rim

A pedra no rim é uma complicação presente na vida de milhares de pessoas. Saiba como se livrar desse incomodo que pode gerar dor…

A pedra no rim é uma complicação presente na vida de milhares de pessoas. Saiba como se livrar desse incomodo que pode gerar dor e outros tipos de problemas. O cálculo renal, como também é conhecida a pedra no rim, pode aparecer por inúmeros motivo, mas, apesar dos intensos estudos relacionados com o assunto, ainda não se sabe ao certo porque as pedras se formam. As pedras podem ser constituídas de diferente compostos, como cálcio, magnésio, cistina, oxalato, citrato e assim por diante, tudo o que é dispensado na urina. Normalmente o paciente que apresenta o calculo, tem alguma outra disfunção na região dos rins e bexiga.

A litíase, como também pode ser chamada essa disfunção, pode ser assintomática, ou seja, sem sintoma algum. Quando é assim, a doença é reconhecida somente em exames ocasionais. Mas, felizmente, ou não, na maioria das vezes, a litíase se apresenta com manifestação de dor (cólica) e hematúria. A dor é intensa e pode acometer toda a região dos rins. É possível também que o paciente apresente ardência no momento de urinar, o que é muito comum em problemas relacionados com os rins.

Muitos pesquisam sobre como evitar pedra no rim. A prevenção é uma das melhores formas de não ter problemas com esse tipo de complicação. Ao falar de rins, lembre-se sempre de água. É importante que cada individuo consuma em média 2 litros de água por dia. A água faz com que os rins funcionem e assim não desenvolva nenhuma anomalia relacionada com os órgãos. A primeira dica então é consumir muita água diariamente.

Uma vez que se forma o calculo renal, o individuo está sempre suscetível a ter de novo, por isso é preciso redobrar a prevenção. Chás e algumas ervas, como a “quebra pedra” também são indicados para a prevenção e depois tratamento da pedra. É preciso fazer exames de rotina para que elas sejam identificadas e assim tratadas. Com um medicamento especifico, é possível expelir as pedras pela urina. No homem isso pode causar um pouco mais de dor, pois o canal é mais estreito.

Leia Também:  Dicas para planejar as férias de verão com os filhos

O tratamento para pedra no rim deve ser passado e acompanhado por um especialista no assunto. Os cálculos maiores de 0,8 cm não saem espontaneamente, por isso é necessária a intervenção do urologista para a retirada do cálculo por métodos cirúrgicos ou outros métodos mais complexos. A água ainda é a principal indicação para acabar e prevenir esse tipo de problema. Vale lembrar que a prevenção de novos cálculos renais deve ser feita pelo resto da vida. Essas foram apenas algumas dicas para evitar pedra no rim. Como você pode perceber, infelizmente, não há muito o que fazer quando elas aparecem, mas procure um profissional o mais rápido possível e livre-se das incomodas pedrinhas.

 

 

 

Top