Confira os Sinais Quando Está para ser Demitido

Encarar este penoso cenário de uma demissão, é claro, não está nos planos de nenhum profissional, porém, é importante lembrar que todos estão sujeitos…

Encarar este penoso cenário de uma demissão, é claro, não está nos planos de nenhum profissional, porém, é importante lembrar que todos estão sujeitos a isso. Para não ser pego de surpresa é preciso ficar atento aos sinais. Reconhecer que seus dias na empresa podem estar contados, pode ser a primeira estratégia para dar uma virada de mestre na sua carreira. Confira a baixo a matéria completa e aprenda a lidar com a situação.

Não cumpre as metas

O primeiro indício de que está para ser demitido, é quando o funcionário não consegue atingir as expectativas da companhia por contínuos meses. Referências disso são as avaliações realizadas normalmente a cada quatro meses. Desse modo, se por duas ou três vezes, você não conseguiu entregar o resultado desejado, prepare-se para algum tipo de punição.

Foi para escanteio

Caso não tenha sido chamado para uma importante reunião, ou caso suas opiniões não são mais ouvidas, cuidado, pois você já pode estar sendo deixado de lado. É muito importante ser convocado para participar de reuniões, pois, significa que você está dentro. Parar de ser chamado para decisões as quais faziam parte de sua rotina é sinal de que está sendo deixado de lado ou já está fora do jogo.

A empresa foi ou será vendida

Fique atento, se a empresa está sendo vendida, pois, este pode ser o primeiro sinal de que seu emprego corre risco. Mudanças como estas sempre estão por traz de boa parte das demissões de executivos brasileiros. É muito simples o que acontece, o vendedor procura diminuir as estruturas para tornar a companhia mais atraente para o comprador. No entanto, se seu histórico profissional dentro da empresa for bom, os riscos são bem menores.

Leia Também:  Vagas de emprego Contax 2016

Pressão dos superiores

Ótimo meio para avaliar se seu emprego corre risco, é a atitude do chefe. Quando a pressão e as broncas aumentam, é sinal de que seus serviços não superam mais as expectativas da empresa. Em muitos casos, a chefia escolhe pressionar o funcionário, para que o mesmo, saia espontaneamente.

Problemas financeiros

Os problemas financeiros dentro da empresa são outro fator crítico para o demissão de um funcionário. Deve-se atentar ao fim do contrato com um importante cliente ou a diminuição de lucros, pois, o corte do pessoal nessas épocas de crises fica mais comum. Se o prejuízo por muito grande, a tendência da empresa é optar por pagar menos pelo mesmo tipo de serviço.

Menos projetos

Vestígio de que seus serviços já não são úteis para a empresa, é quando há redução de atribuições dentro da empresa. É muito simples de identificar este processo. Os projetos que estavam sob seu comando, são passados para outros funcionários. Ainda mais tarde, outros funcionários são transferidos para outras áreas, ou você é enviado para um plano de curta duração.

Estes são os sinais mais importantes que você deve ser levar em conta, para desse modo, tentar reverter à situação a seu favor.

Top