Concurso público Receita Federal 2012

Para quem está procurando um emprego com estabilidade e bom salário um cargo público é a solução. A boa notícia é que um dos…

A Receita Federal vai abrir em breve concurso público (Foto: Divulgação)

Para quem está procurando um emprego com estabilidade e bom salário um cargo público é a solução. A boa notícia é que um dos concursos públicos mais esperados e concorridos recebeu autorização para ser realizado. A Receita Federal está autorizada a efetuar o processo seletivo que visa a contratação de 200 auditores fiscais e 750 analistas tributários. A previsão é de que o Edital saia nos próximos seis meses, de acordo com a portaria publicada no dia 25 de maio pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, no “Diário Oficial da União”.

Para participar desse concurso público é necessário ter graduação completa em qualquer área. Os salários iniciais são de R$ 13,6 mil para auditor e de R$ 7.996 para analista. A responsabilidade pela realização do concurso público será do próprio Ministério da Fazenda. A última seleção que aconteceu para esses cargos aconteceu em 2009 e foram organizados pela Esaf (Escola de Administração Fazendária). Na ocasião, 77,9 mil pessoas disputaram 450 vagas para auditor e 81,3 mil se inscreveram para os 700 postos de analistas.

Leia também: Técnico Bancário da Caixa: dicas para estudar para o concurso

Através de outra portaria, foi divulgada a permissão para que aconteça também a criação de 825 postos de analista técnico de políticas sociais para a “nova” carreira de desenvolvimento de Políticas Sociais. A remuneração é de R$ 3.966. Salário bem acima do que os brasileiros costumam encontrar de oferta no mercado de trabalho, por isso gera muito interesse por esse concurso público.

Por enquanto, estude para as provas antes que o edital saia (Foto: Divulgação)

É a primeira seleção para o cargo de graduação universitária (analista técnico de Políticas Sociais). Este profissional poderá trabalhar em diferentes áreas e ministérios que lidam com questões sociais, como trabalho, educação e direitos humanos. Mais de 600 vagas serão abertas, já que a intenção é substituir os trabalhadores terceirizados e consultores contratados por meio de organismos internacionais existentes nos ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (116) e da Saúde (500).

Continuar Lendo  Concurso do Superior Tribunal de Justiça, edital 2015

Leia também: Concurso PF: dicas para estudar

Para quem almeja muito conquistar um cargo nesse patamar salarial e de estabilidade, saiba que existem mais 209 oportunidades nas secretarias de Direitos Humanos, de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, de Políticas para as Mulheres e nos ministérios da Educação, Previdência Social, da Justiça, das Cidades, do Desenvolvimento Agrário e do Trabalho e Emprego. Agora, basta aguardar a abertura das inscrições do concurso público e, enquanto isso, estudar para conquistar essa colocação tão sonhada.

Top