Conclave: como é escolhido um novo papa?

O conclave, que nada mais é do que uma reunião de cardeais que escolherá o novo Papa, começará na próxima terça-feira (12 de março).…

O conclave, que nada mais é do que uma reunião de cardeais que escolherá o novo Papa, começará na próxima terça-feira (12 de março). Nesse processo de escolha do novo líder religioso 115 cardeais participarão. Na manhã de terça deverá ser celebrada uma missa e, à tarde, começam as votações. A eleição do Papa acontece em um sistema de votações sucessivas até que um cardeal alcance 2/3 dos votos.

Leia mais sobre: Como será escolhido o novo Papa

Bento XVI renunciou no dia 28 de fevereiro (Foto: Divulgação)

Isolamento para o conclave

O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, disse em entrevista coletiva que aconteceu no último dia 8, alguns detalhes sobre como será o conclave. Os cardeais não vão receber informações externas durante a eleição, nem poderão ter acesso a canais de comunicação, como por exemplo, jornais, revistas, televisão, rádio e internet. Tudo isso está previsto na Constituição Apostólica.

Bloqueio de comunicação para conclave

Segundo Lombardi, para garantir o sigilo do conclave, serão instalados bloqueios de comunicação para que não seja utilizado equipamentos e dispositivos eletrônicos, como celulares. A medida já foi tomada com relação à Sala dos Sínodos, onde têm ocorrido as congregações, garantindo o segredo dos encontros.

Os cardeais não passarão por revista para entrar na Capela Sistina, local do conclave, como estavam especulando. Já os funcionários e outras pessoas devem ter de se submeter a um detector de dispositivos. Durante o período de reclusão para a escolha do novo Papa, os candidatos poderão se confessar. Os cardeais ficarão na Casa Santa Marta, hospedados durante o conclave.

Saiba mais sobre: Os Papas mais polêmicos da história

Conclave é o nome dado a eleição de um novo Papa (Foto: Divulgação)

Relembre renúncia de Bento XVI

Leia Também:  Como hidratar cabelos loiros: dicas

No dia 11 de fevereiro Bento XVI anunciou que gostaria de renunciar seu cargo. No dia 28 de fevereiro esse tal afastamento foi efetivado. O agora Papa Emérito, foi o primeiro pontífice a renunciar em mais de seis séculos. Desde que deixou oficialmente o cargo de Papa, Bento XVI está em Castel Gandolfo, a residência de verão dos Papas, que fica a cerca de 25 km do Vaticano. Ele ficará por lá por 2 meses e depois ficará recluso num antigo convento sobre as colinas do Vaticano, com vista para a cúpula da Basílica de São Pedro.

Top