Compulsão alimentar: sintomas

Algumas pessoas apresentam compulsão por comida. Isso ocorre porque, por algum motivo, o indivíduo apresenta uma desordem que impede que ele tenha controle sobre…

Comer escondido pode ser um dos sinais de transtorno alimentar

Algumas pessoas apresentam compulsão por comida. Isso ocorre porque, por algum motivo, o indivíduo apresenta uma desordem que impede que ele tenha controle sobre a quantidade ingerida por ele. Para saber um pouco mais sobre essa patologia, acompanhe algumas informações.

Leia também: Compulsão alimentar – o que é e tratamento.

Compulsão alimentar

A compulsão alimentar é um transtorno comum. Em geral, o indivíduo apresenta um alto consumo de comida, que ocorre de uma única vez. Com o tempo, a pessoa apresenta dependência em relação à ingestão de alimentos, sendo necessário comer mesmo nos horários que ela não apresente fome.

Bulimia X compulsão alimentar

Diferente dos indivíduos bulímicos, o portador de compulsão alimentar não se “purga” após a grande ingestão de comida, como por exemplo, provocar vômitos. Além disso, ele também não pratica atividades físicas, com o intuito de queimar as gordurinhas extras.

A compulsão alimentar faz parte da realidade de muitos brasileiros

Leia também: Como se desenvolve a bulimia nervosa.

Características de uma pessoa compulsiva alimentar

Esse tipo de transtorno não apresenta relação com sexo, raça, idade ou fatores socioeconômicos. Em geral, quem sofre com essa patologia possui as seguintes características:

  • Apresenta ânsia de comer, mesmo sem fome;
  • Ingere uma grande quantidade de comida em um só momento;
  • Após a ingestão excessiva, não apresenta manifestações de purga (culpa);
  • O indivíduo come até se sentir desconfortavelmente cheio;
  • Esconde comida para episódios de voracidade;
  • Esconde embalagens de alimentos vazias;
  • Come até não haver comida disponível;
  • Come sempre quando está sob pressão;
  • Sente-se subjulgado ou envergonhado pelo comportamento;
  • Não aceita sua imagem;
  • Possui baixa autoestima;
  • Aumento de peso, com frequência;
  • Por vezes, pode ser obeso;
  • Possui história de infecções recorrentes.
Continuar Lendo  Cruzeiros internacionais 2013: destinos mais visitados

Diagnóstico

O diagnóstico de compulsão alimentar deve ser realizado por um profissional qualificado e de confiança. Por isso, diante de alterações como essas anteriormente descritas, é importante procurar a orientação de um especialista. Às vezes, é possível estar diante de uma pessoa portadora de compulsão alimentar.

Tratamento

Infelizmente, até o momento não há cura relacionada ao transtorno de ingestão alimentar compulsiva. Porem existe uma variedade de opções terapêuticas que podem ser exploradas mediante avaliação clínica.

Alterações psicológicas geralmente estão envolvidas com os transtornos alimentares

Leia também: Como evitar comer por impulso.

A compulsão alimentar é um transtorno muito comum. Até o momento, não foi compreendido o motivo que leva o indivíduo a apresentar essa desordem. O que se sabe, é que há relação com o lado psicológico do indivíduo.

Apesar de ainda não haver cura, existem tratamentos que ajudam no controle dessa compulsão. O ideal é que, se pessoa apresentar características que sugerem a compulsão, que se busque orientação médica. Uma atitude como essa pode salvar uma vida.

Top