Compras por impulso: saiba como evitar

As compras impulsivas são os principais obstáculos para quem está a procura da independência financeira. Muitas vezes é difícil resistir às propagandas das promoções…

As compras impulsivas são os principais obstáculos para quem está a procura da independência financeira. Muitas vezes é difícil resistir às propagandas das promoções de roupas, calçados, aparelhos eletrônicos, carros e muitos outros. Porém, é preciso aprender a controlar os gastos excessivos para evitar os problemas financeiros. Pensando nisso, selecionamos dicas de como evitar compras por impulso. Confira.

As compras por impulso podem comprometer as finanças da família. (Foto: divulgação)

Compras por impulso

Existe um ditado muito antigo que diz “quem compra o que não está precisando, um dia terá que vender o que precisa”. As compras por impulso podem provocar uma crise financeira que influenciará no futuro. Porém, isso se insere para quem não resiste ao hábito de comprar, principalmente diante das propagandas, revistas, vitrines e outros meios tentados que incitam à compra.

Tudo isso somado a fatores psicológicos provenientes do excesso de trabalho, problemas nos relacionamentos, sonhos não realizados e até mesmo o fato de ter amigos consumistas, o que facilita o acesso às compras como forma de fuga.

É preciso avaliar as condições para fazer a compra. (Foto: divulgação)

Veja também os perigos das compras em liquidações 

Dicas de como evitar comprar por impulso

1. Anote as dívidas: anote todos os gastos e dívidas no papel para saber se ainda há espaço no orçamento familiar para as novas compras;

2. Planeje antes de comprar: é preciso fazer um planejamento prévio e refletir se realmente está precisando daquilo no momento. Discutir com familiares sobre a compra pode ser uma forma de evitar os impulsos. Além disso, saia de casa sabendo o que realmente será comprado;

Continuar Lendo  Como tirar mancha em roupas usando água oxigenada

3. Impostos: não se esqueça dos gastos feitos no início do ano, como os pagamentos de impostos, despesas das férias como cinemas, viagens e outros passeios;

4. Pagamentos em dia: evite fazer parcelamentos muito longos, pois o risco de endividamento e inadimplência pode ser ainda maior;

5. Cuidado com o cartão: evite os gastos excessivos no cartão, pois ele proporciona falsa sensação de que não está gastando. Antes de comprar, verifique a fatura e o valor total das compras anteriores;

6. Pesquise os preços: não caia nos descontos milagrosos e pesquise para saber se está realmente fazendo um bom negócio em comprar um produto na liquidação.

Pense bem antes de comprar para não se arrepender depois. (Foto: divulgação)

Veja também como lidar com pessoas viciadas em compras 

As compras por impulso devem ser evitadas para que não coloquem em risco as finanças da família. Para evitar as compras por impulso é preciso planejar os gastos e avaliar o orçamento antes de cair em uma liquidação. Procure ser mais prudente e peça opinião de outras pessoas da família para saber o que elas pensam sobre a compra. 

Top