Comprar presentes de crianças: cuidados

Com a chegada do Natal, a correria nos shoppings e lojas se torna ainda mais intensa. São despesas com os preparativos para a ceia,…

Por Paulo Lima em 18/12/2012

Com a chegada do Natal, a correria nos shoppings e lojas se torna ainda mais intensa. São despesas com os preparativos para a ceia, a escolha dos presentes, e uma série de detalhes que envolvem as festas de fim de ano.

Escolher lembrancinhas para todos o familiares e amigos é um dos principais desafios nesta época do ano. (Foto: Divulgação).

Porém, sem dúvida, um dos maiores desafios é ter que escolher uma lembrancinha para todos os familiares e amigos. Ninguém pode ficar de fora da lista dos homenageados – tio, tia amigo, cunhado, sobrinho etc – o que torna essa missão ainda mais difícil.

Pessoas que têm crianças para presentear precisam ficar atentas a mais um detalhe. O produto escolhido deve ser compatível com a faixa etária do pequeno e não pode oferecer riscos à sua saúde. Caso contrário, o brinquedo, que deveria ser fonte de lazer e diversão, pode se transformar numa verdadeira arma.

O brinquedo escolhido deve ser compatível com a idade da criança e não oferecer riscos à sua saúde. (Foto: Divulgação).

De acordo com o Ministério da Saúde, anualmente cerca de 5 mi crianças morrem e mais de 137 mil são hospitalizadas vítimas de acidentes no Brasil. Parte desses casos acontece por falta de prevenção e de informação, já que os pais não conhecem todos os cuidados que precisam tomar para proteger os seus filhos.

Para evitar esse tipo de problema e garantir a diversão do seu filho ou de algum ente querido com segurança, veja os cuidados que você precisa tomar na hora de escolher o seu presente. São dicas simples, mas que podem fazer toda a diferença.

Veja também: Brinquedos educativos para bebês de 1 e 2 anos.

Cuidados na hora de comprar presentes de crianças

Tomando os devidos cuidados na hora de fazer a sua escolha, seu filho vai poder se divertir com mais tranquilidade e segurança. (Foto: Divulgação).

Como já foi dito, o brinquedo precisa ser escolhido de acordo com a faixa etária da criança. É importante ainda considerar seus interesses e suas habilidades para tomar a decisão certa. Crianças muito pequenas, por exemplo, não devem receber presentes que possuem partes cortantes ou que possam ser colocadas na boca.

Quando estiver na loja fazendo a sua escolha, não se esqueça de verificar se o produto possui o selo do Inmetro (Instituto nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial). A presença desse símbolo é a garantia de que a mercadoria passou por rigorosos testes de qualidade antes de chegar às prateleiras.

Confira outros cuidados para escolher brinquedos para bebês.

Não se esqueça também de ler as informações contidas na embalagem do brinquedo. Ela precisa trazer dados sobre o fabricante, importador (caso o item seja importado), indicação da idade e características como peso e tamanho. A maioria dos consumidores não se preocupa com este detalhe, mas ele é tão importante quanto os demais, por isso não deixe de colocá-lo em prática.

Outra orientação é fazer a compra em lojas que forneçam notas fiscais, já que o documento garante ao cliente que o produto é legalizado e que ele poderá exigir os seus direitos e em casos de problema.

Top