Veja como funcionará a vacinação de adolescentes contra Covid-19

Felipo Bellini 17/08/2021 Notícias

Em países como Canadá, Chile e Estados Unidos a vacinação em adolescentes contra a Covid-19 já acontece, e em São Paulo, na quarta-feira, jovens entre 12 a 17 anos começarão a ser vacinados.


Demais localidades estão preparadas para a nova fase de vacinação e fará com que o nível de contágio por parte dessa faixa etária diminua totalmente, uma vez que os adolescentes podem contrair o vírus sem ter qualquer tipo de sintomas.

Qual a importância da vacinação de adolescentes contra Covid-19?

É necessário vacinar os adolescentes para haver o coletivo da imunidade de rebanho, além de permitir que todos retornem às escolas para terem suas aulas como era antes da pandemia.

A importância da vacinação dos adolescentes se dá pelo fato de que a segurança será maior e fará com que toda a preocupação das taxas de contaminação e mortes diminuam ainda mais. 

Se os adolescentes deixarem de ser vacinados, novas variantes poderão surgir com mais facilidade e isso preocupa o setor responsável. O vírus sofre mutações de forma rápida e para evitar quaisquer preocupações, a medida é vacinar todo o grupo.

Fonte/Reprodução: gov.br

Quais países já começaram a vacinar adolescentes?

A Europa passou na frente no quesito vacinação de todos os grupos e isso inclui os adolescentes, demais países como Canadá, Chile, Japão e Estados Unidos entram na lista de países mais avançados. É importante lembrar que adolescentes também podem fazer parte do grupo de risco.

Alguns epidemiologistas acreditam que a vacinação para o público mais jovem é importante, desde que haja vacina, caso contrário será melhor continuar com a vacinar do público adulto que possui mais chances de contrair o vírus e transmití-lo.

Quais vacinas podem ser aplicadas em adolescentes no Brasil?

A Anvisa aprovou, até momento, apenas a Pfizer para ser utilizada em adolescentes. A segunda opção seria utilizar a vacina produzida no laboratório Sinovac na China em  parceria com Instituto Butantan, trata-se da Coronavac. 

O Instituto Butantan solicitou à Anvisa que aprovasse o público infantil de 3 aos 17 anos, no entanto, não há nenhuma resposta no presente momento.

A vacina Coronavac é totalmente segura para o grupo de 3 anos em diante, com testes realizados na China e a taxa da produção de anticorpos havia sido superior a 96% passados os 28 dias com as duas doses do imunizante.

Outros artigos

Pacotes para o Mundial de Clubes 2013 CVC

29/07/2013

Pacotes para o Mundial de Clubes 2013 CVC

A CVC iniciou a venda de pacotes para o mundial de clubes no Marrocos. Os pacotes não incluem ingressos, já que serão disponibilizados diretamente no site da FIFA no...

Material escolar Tilibra 2016

07/12/2015

Material escolar Tilibra 2016

A linha de material escolar Tilibra 2016 traz diversas opções de itens para crianças, adolescentes, jovens e adultos, que podem aproveitar produtos de grande qualida...