Como usar o site do seu banco com segurança

Como usar o site do seu banco com segurança? A segurança na internet, ou a falta dela, preocupa muitas pessoas na hora de usar…

Por Redacao em 07/08/2014

Como usar o site do seu banco com segurança? A segurança na internet, ou a falta dela, preocupa muitas pessoas na hora de usar os serviços online do banco. Mesmo que o site seja protegido contra qualquer ameaça, o seu computador pode estar infectado com spywares, malwares ou vírus que podem ter acesso a informações pessoais bancárias suas. O serviço online dos bancos trás diversas facilidades e praticidade ao dia a dia. Evita que os clientes peguem filas e bancos e resolvam assuntos de maneira mais rápida.

Muitas pessoas desconfiam da segurança dos sites e da internet em geral e acabam preferindo ir ao banco resolver seus assuntos (Foto: Divulgação)

Confira: Escreva de cabeça para baixo nas redes sociais

Como usar o site do seu banco com segurança

Você pode usar o site ou aplicativo do seu banco sem medo, basta seguir algumas dicas de segurança e ficar por dentro dos riscos e das técnicas utilizadas por hackers. Veja abaixo dicas de Como usar o site do seu banco com segurança:

  • Sempre cheque se o antivírus do seu computador está atualizado. Avast, AVG e Avira são os antivírus gratuitos considerados melhores.
  • Desconfie sempre de e-mails de cobrança ou qualquer assunto enviados em nome do seu banco. Esses e-mails podem ser vírus. Bancos dificilmente se comunicam com seus clientes por e-mail, quando necessário a comunicação é feita por telefone ou carta. Em caso de dúvida, o melhor é ligar para o banco.
  • Digite sempre o endereço da página e repare se muda para https:// quando você vai digitar sua conta. Isso significa que suas informações estão protegidas. Repare também se não há nenhum erro de digitação, pois há uma tática muito comum de criminosos que criam páginas com endereços propositalmente errados, para pessoas que errem o link caiam nessas páginas idênticas às dos bancos e acabe caindo no golpe.induzir as vítimas a clicar em links para acessar essas páginas falsas. Essa prática é chamada de pishing.

Fique atento a qualquer irregularidade do site que você está acessando, pode ser um site falso (Foto: Divulgação)

Leia também: Google cria hackers de elite para melhorar segurança
  • Se tiver alguma dificuldade ao entrar na sua conta, não dê sua senha nem peça ajuda para estranhos. O melhor a se fazer é ligar diretamente na central de atendimento do banco.
  • Não acesse os sites de banco em computadores públicos. É sempre possível que um criminoso instale algum software para capturar informações de outras pessoas.
  • Não acesse sites bancários em redes sem fios públicas. Pelo wi-fi é possível pegar dados de outros computadores, smartphones, ipad conectados.
  • Use senhas fortes. Evite criar senhas fáceis, baseadas em datas de nascimento, número do apartamento e outros dados pessoais.
  • Depois de fazer o que você queria no site do seu banco, clique em sair ou encerrar sessão antes de fechar a tela do navegador, para garantir que você saiu do site com segurança.

Como saber se um site é seguro?

Verifique-se sempre a barra do navegador quando estiver no site do banco (Foto: Divulgação)

Leia mais: Hotel cobra multa de hospedes por comentários negativos na web

Ainda dentro das dicas de como usar o site do seu banco com segurança, é importante conferir como saber se um site é seguro. Para verificar se o site do seu banco é seguro procure pelo cadeado verde na barra de endereços do navegador. Esse cadeado significa que o site usa um certificado SSL (Secure Sockets Layer), que é emitido por um conjunto de empresas de segurança. Se a página não tiver esse cadeado, desconfie.

Top