Como Usar Esculturas Na Decoração

Como Usar Esculturas na Decoração

Quanta gente talentosa que esta escondida por de trás da timidez e sem que ninguém perceba grandes obras de arte podem estar dentro da sua própria casa.

Ter talento para desenvolver algum tipo de atividade é comum entre as pessoas que na maioria das vezes nem percebe a sua capacidade de criar, desenvolver alguma arte. Quando um artista plástico se consagra na mídia e passa a ser conhecido por todos, com certeza ele já trilhou um caminho de muita insegurança, duvidas e medo de expor o seu trabalho e ser ridicularizado.

Mas por outro lado como podem ser conhecidos se não se expuserem? É na curiosidade e na capacidade de criar que nascem os grandes artistas, enfrentando os medos e em busca da cura para sua timidez vão desenvolvendo trabalhos lindos e expressando os seus sentimentos.

Você sabe o que é escultura?

Podemos definir escultura toda arte de definir ou trabalhar em diversos materiais como:

  • Madeira;
  • Argila;
  • Pedra
  • Metais;
  • Plástico e muito mais.

O artista plástico quando cria esta produzindo sentimentos e emoções expondo suas idéias definindo formas variadas em algum determinado material, e para fazer a escultura ele pode utilizar diversas ferramentas para que chegue no determinado ponto exigido pela sua capacidade de criar. Cada nova escultura é como um filho que nasce para o artista que se orgulha da sua criação, mesmo que aos olhos alheios não pareça com a mesma intensidade e expressão a qual o artista vê e sente.

Conheça alguns escultores famosos que mesmo depois de mortos deixam suas obras imortais valendo verdadeiras fortunas como a “Pieta” de Michelangelo que é considerada uma das esculturas mais famosas da história. Veja os nomes a seguir:

  • Aleijadinho – escultor brasileiro
  • Victor Brecheret – escultor Italo-brasileiro
  • Auguste Rodin – escultor frances
  • Salvador Dali – escultor espanhol
  • Michelangelo – escultor italiano
  • Donatello – escultor italiano
  • Leonardo da Vinci – escultor italiano

Deu para perceber que existem mais escultores italianos, pois a Itália é um país melancólico e a própria natureza dos seus moradores faz com que eles expressem seus sentimentos suas angustias na arte.

Tipos de esculturas

As esculturas foram evoluindo ao longo dos tempos em um espaço tridimensional e podem ser representativas com formas naturais ou simplesmente abstratas. As esculturas em relevo surgem de um material fundo que aos poucos vão criando formas e se destacando em relevo livremente no espaço real.

Algumas esculturas modernas se movimentam em tempo real como é o caso dos móbiles que balançam com o vento ao serem expostos no ar e faz com que esse movimento faça parte da escultura dando vida à arte. Todo material que pode ser moldado pelas mão de artistas vira obra de arte, mas nem sempre ele é observado da mesma forma se retirado do seu ambiente natural como é o caso das esculturas do frontão de Partenon que estão atualmente no Museu Britânico.

Esculturas na decoração

Hoje em dia é muito comum o uso de esculturas na decoração, pois as obras de arte estão cada vez mais acessíveis principalmente as industriais que estão cada vez mais expressivas. Esses objetos podem fazer parte na decoração dês de que seja determinado um local adequado para elas. As bonecas de argila estão em evidencia o que faz com que a procura seja maior e ficam muito bem se colocadas em uma estante na sala ou na cozinha por sobre um balcão.

Existem pessoas que gostam de fazer um cantinho especial na casa para leitura e relaxamento e utilizam de vários tipos de esculturas, geralmente escolhem um tema e a partir dele desenvolvem a decoração.

Para concluir:

As esculturas podem ser usadas na decoração em qualquer ambiente, dês de que não ultrapasse os limites de espaço e se torne um estorvo. É muito comum usar esculturas estilo totem nas varandas e jardins das casas, experimente e você terá a sensação de estar vivendo em um novo ambiente cheio de mistérios e sabedoria.

 

One Response - Add Comment

Reply