Como tratar gripe na gravidez

Gripe forte desanima qualquer pessoa. Na gravidez é necessário ter cautela para tratar os sintomas gripais. As grávidas não podem tomar os remédios comuns…

As grávidas não podem tomar os remédios comuns que combatem a gripe, pois eles podem vir a prejudicar o bebê.

Gripe forte desanima qualquer pessoa. Na gravidez é necessário ter cautela para tratar os sintomas gripais. As grávidas não podem tomar os remédios comuns que combatem essa doença, pois eles podem vir a prejudicar o bebê.

Assim que a gestante perceber alguns sinais e sintomas de gripe, deve procurar orientação médica para que o quadro não se complique. É importante não se automedicar. Os problemas não são propriamente da gripe, mas sim, de desenvolver infecções secundárias como: pneumonia, sinusite, faringite ou amidalite.

Confira os tipos de tratamentos que poderão ajudar no combate a esses tipos de infecções virais durante a gestação.

Recomendações caseiras em caso de sintomas de gripe

O primeiro passo é manter uma dieta equilibrada, que inclua frutas, verduras e legumes, ótimas fontes naturais de vitaminas, minerais, carboidratos, proteínas e gordura.

A hidratação e o repouso são fundamentais, sobretudo quando há presença de febre. Devemos acrescentar o consumo de líquidos por meio de sucos, especialmente cítricos, porque nos oferecem vitamina C, ideal para suportar melhor os sintomas.

Os caldos de verduras são outra opção para manter-se hidratado, além disso, ele alimenta e proporciona um bem-estar, já que beber algo quente ajuda a eliminar o mal estar viral. Em caso de nariz obstruído e dificuldade para respirar, recomenda-se aplicar soro fisiológico, que não causa qualquer problema para o bebê.

Em caso de dor de garganta e tosse, prepare um chá com mel e limão, faça gargarejos com água morna e sal para ajudar no combate às infecções de garganta. Descanse o máximo que puder, pois o sono ajuda o corpo a se restabelecer.

Descanse o máximo que puder, pois o sono ajuda o corpo a se restabelecer.

O que a grávida não pode tomar em caso de gripe

Apesar da eficiência, os antigripais são proibidos para gestantes. Esses medicamentos contêm vasoconstritores como a epinefrina, que pode levar à queda de pressão e causar taquicardia. Os descongestionantes nasais também são contraindicados, pois também possuem substâncias vasoconstritoras e devem ser substituídos pelo soro fisiológico ou soluções hipertônicas para uso nasal.

Leia Também:  Como escolher transporte escolar adequado para seu filho

O que é permitido

A gripe em grávidas deverá ser tratada sintoma a sintoma. Para dores de cabeça, no corpo e febre, é  indicado o paracetamol, que não age na pressão arterial e pode ser tomado por um período mais longo. A vitamina C também pode ser utilizada tanto na alimentação quanto na forma de cápsulas efervescentes, cerca de 1 grama por dia, pois não tem ação sobre a gripe, mas melhora a imunidade da gestante.

Procure manter uma dieta saudável durante toda a gravidez.

É muito importante que a mulher faça o acompanhamento pré-natal e em caso de algum sintoma, a grávida deverá consultar o seu médico para uma melhor avaliação. É necessário muito cuidado durante a gravidez e evitar medicamentos é essencial.

Top