Como substituir a carne na alimentação: dicas

Muitas pessoas atualmente tentam eliminar ou reduzir o consumo de carne vermelha na alimentação. Por se tratar de um alimento rico em colesterol e…

Muitas pessoas atualmente tentam eliminar ou reduzir o consumo de carne vermelha na alimentação. Por se tratar de um alimento rico em colesterol e gorduras saturadas, a carne está sendo cada dia mais associada às doenças cardiovasculares, diabetes e até o câncer. Saiba mais sobre o assunto e veja dicas de como substituir a carne na alimentação.

A carne vermelha pode ser prejudicial à saúde quando consumida em excesso. (Foto: divulgação)

Carne na alimentação

A alimentação é essencial para manter o corpo em funcionamento, porém ela está associada a vários problemas de saúde. A carne é um dos principais produtos relacionados com doenças, devido ao aumento das gorduras ruins no sangue e também do desenvolvimento de câncer.

Cada dia mais os alimentos de origem animal ocupam destaque nas preocupações com a saúde, ligada aos níveis de gordura, assim como os antibióticos e outras substâncias químicas usadas em animais.

O excesso de alimentos de origem animal, ricos em proteínas e gorduras, como a carne vermelha, pode intoxicar o organismo e deixar o sangue mais ácido. Além disso, pode sobrecarregar os rins, parar a digestão e destruir as bactérias benéficas.

Os derivados do leite e soja podem ser usados para substituir a carne. (Foto: divulgação)

Dicas de como substituir a carne na alimentação

1. Frango e peixe: possuem os mesmo nutrientes presentes na carne vermelha como zinco, ferro, proteínas e vitamina B12 e quantidade menores de colesterol e gordura saturada.

2. Soja: uma das principais formas de substituir a carne, pois é rica em proteínas e fornece os aminoácidos que necessitamos. A ingestão da mesma também auxilia na regulação dos níveis de colesterol, prevenindo as doenças cardiovasculares.

3. Ovo: fonte importantíssima de proteínas, vitaminas e minerais. Além disso, ele fornece ômega 3 e 6. De acordo com estudos recentes, a ingestão do mesmo não aumenta a taxa de colesterol, sendo um grande aliado da saúde.

Continuar Lendo  Hábitos alimentares que fazem mal a saúde

4. Leite e derivados: constitui uma das principais fontes de proteínas de origem animal. Para compensar a falta de ferro e evitar a anemia, o ideal é consumir os tipos mais fortificados.

5. Vegetais verde escuro: ótimas fontes de ferro, servem para fazer parte de todas as refeições diárias. Uma excelente opção é preparar uma salada com cubos de queijo branco e grãos de soja.

6. Arroz e feijão: o arroz contém metionina e o feijão, lisina, aminoácidos importantes para nosso organismo. Além disso, ele é rico em ferro.

Vários alimentos podem substituir a carne. (Foto: divulgação)

O consumo excessivo de carne vermelha está relacionado ao surgimento de vários problemas de saúde. Porém, é possível consumir proteínas sem ingerir carne, o que traz muitos benefícios para a saúde. O ideal é apostar em uma alimentação balanceada que contenha os mesmos nutrientes que são obtidos através do consumo da carne. Aposte nos vegetais verde escuro, arroz, feijão, soja, leite, ovo, carne de frango e peixe, pois são ótimas substituições para a carne.

Top