Como Solicitar Empréstimo Pessoal

Você junta o máximo das economias que fez. Pega dalí, pega daqui e ainda assim não chega nem perto do tamanho das suas dívidas.…

Por Redacao em 12/03/2011

Você junta o máximo das economias que fez. Pega dalí, pega daqui e ainda assim não chega nem perto do tamanho das suas dívidas. E isto é um grande problema, uma vez em que mesmo juntando tudo que se tem ainda assim não dá para pagar as contas pendentes. Daí é hora de se solicitar o empréstimo pessoal.

Especialistas apontam sobre certos modos de se ver livre das dívidas, dizendo que se não houver um claro controle nos gastos, a conta pode ficar ainda maior e mais insustentável de ser paga. E aqui vão algumas dicas de como solicitar empréstimo pessoal, umas das formas mais procuradas de se ver livre de débito.

Siga o que dizem os economistas que afirmam que o empréstimo pessoal é bom quando uma vez tomado, a pessoa não vai contrair mais dívidas até que as parcelas do empréstimo tenham sido totalmente quitadas.

A dificuldade é que quando as pessoas pegam o empréstimo, pagam as dívidas, mas, seguem usando o cartão de crédito, entrando no cheque especial e aí não há como não voltar a se enrolar de novo em meio a tantas dívidas acrescidas de juros.

As taxas de juros passam a ser descontadas na folha de pagamento não são tão altas. As taxas variam de 2% a 4% ao mês, sendo que as prestações podem ser pagas em 24 meses a depender do valor.

Mas quando o empréstimo não tem a garantia do desconto na folha de pagamento, o valor das taxas de juros pode chegar até 12% ao mês. Isso porque cai a garantia do pagamebnto no dia certo. Cabe a quem vai tomar o empréstimo avaliar todas estas condições e ter em mente que a função do empréstimo é livrar das dívidas e não atolar ainda mais nela.

Seja como for, faça as suas contas e veja se é melhor dividir diretamente com o credor a dívida ou se é melhor mesmo pegar um empréstimo. Veja onde vai lhe render menos dores de cabeça e quite as suas contas.

Top