Como será o governo da Líbia sem Kadhafi

Confirmada a morte do ex-ditador Muammar Kadhafi nesta quinta-feira (20) o povo já começa a pensar como será o governo da Líbia sem ele. Cabe…

Por Redacao em 20/10/2011

Confirmada a morte do ex-ditador Muammar Kadhafi nesta quinta-feira (20) o povo já começa a pensar como será o governo da Líbia sem ele. Cabe agora tomar medidas para implantar uma nova constituição, um novo governo, instalar a democracia e colocar “nos tronos” líderes de paz.

A Líbia é um país sem bases democráticas, o que deve dificultar ainda mais o processo de implantação de uma instituição como essa, podendo levar anos para que o processo seja finalizado.

Sabrina Medeiros, comentarista da Globo News, afirmou que com uma intervenção da Organização das Nações Unidas (ONU) junto a instituições parceiras de países que apoiam esta missão, é o início para tudo. Como exemplo ela lembrou do Brasil, que treinou e enviou forças policiais no Haiti.

A comunidade internacional passa agora a apoiar e dar suporte à Líbia, como toda a sociedade africana, os países árabes e até mesmo a própria União Europeia. É importante, segundo Sabrina, que um dos parceiros enviem representas de polícia, de justiça e parlamentar para assumir essas instituições no país, e que com o tempo serem substituídos por pessoas do novo governo.

“Esse processo de instalação de uma instituição democrática pode levar muitos anos e vai contar com um período de transição onde os representantes não serão democraticamente eleitos. Certamente, as forças que surgem nesse período vão ter de se organizar para, no futuro serem capazes de conduzir sozinhas esse processo”, afirmou a comentarista.

Top