Como se livrar do ronco

O ronco pode ser sinal de que algo de ruim está acontecendo com a sua saúde, sendo necessário procurar um especialista o quanto antes.…

Por Editorial MDT em 19/12/2011

20% da população ronca diariamente

O ronco pode ser sinal de que algo de ruim está acontecendo com a sua saúde, sendo necessário procurar um especialista o quanto antes. Quem tem um parceiro que emite esse som desagradável sabe o quão difícil é passar uma noite de sono tranquila.

O ronco eventual acomete cerca de 50% da população brasileira, segundo alguns estudos. O número de pessoas que roncam diariamente é um pouco menor, apesar de ser uma porcentagem mais baixa, ainda é muito significativa, em torno dos 20%.

Por que as algumas pessoas roncam?

O ronco ocorre como sinal de que há alguma coisa obstruindo o fluxo aéreo das vias respiratórias. A causa dessa obstrução é vasta, podendo incluir:

  • Flacidez da musculatura do nariz à garganta;
  • Malformações congênitas;
  • Idade avançada;
  • Desvio de septo nasal;
  • Rinites;
  • Hipotireoidismo (aumenta o volume da língua).

É importante mencionar que o som é produzido mais comumente durante a inspiração, do que durante a expiração. Quando o ar passa pelas vias aéreas, como há uma obstrução decorrente de algum fator mencionado anteriormente, ocorre uma dificuldade para a passagem do ar, ocasionando uma vibração e originando o ronco.

Qual a melhor posição para se dormir e evitar o ronco?

A melhor posição e a que deve ser adquirida por todos aqueles que sofrem desse mal, deve ser a posição lateral (de lado). Assim devem sempre evitar a posição de barriga para cima. Essa posição ocasiona a caída da língua para trás, resultando na obstrução das vias aéreas devido a um relaxamento normal.

A melhor posição para dormir é de lado

Dormir de boca aberta é um sinal de que algo está errado? Pode piorar o ronco?

Dormir com a boca aberta pode ocasionar e até mesmo piorar o ronco da pessoa que já sofre com ele, além de prejudicar a formação da mandíbula e da parte inferior do lábio.

A obesidade é um grande fator de risco, que contribui muito com o desenvolvimento do ronco. Este fato é devido a deposição de gordura no pescoço, região da garganta, que favorece o estreitamento das vias aéreas, resultando na obstrução e posteriormente no prejuízo à passagem do ar.

Qual especialista mais indicado para procurar ajuda?

O especialista mais indicado seria um otorrinolaringologista. Ele irá avaliar desde a parte anatômica das vias aéreas, até outros problemas que possam colaborar com o desenvolvimento do ronco. Tudo será complementado com a realização de exames que ajudarão no diagnóstico do problema.

Existem aparelhos que diminuem o ruído?

Hoje, há diversos aparelhos que colaboram na diminuição do barulho, entre eles o mais comum seria os ortodônticos. Estes são placas utilizadas na boca durante o sono. O outro aparelho que possui um efeito extremamente eficaz é o conhecido CPAP; este aparelho só pode ser utilizado após realização de exames e avaliação especialistas, que comprovam a presença de apnéia do sono. Sua função é enviar uma pressão positiva de ar contra os pulmões, durante a inspiração, impedindo que ocorra a obstrução.

Assim, o ronco é sinal de que algo de ruim pode estar acontecendo com a sua saúde, portanto procure um médico imediatamente, antes que se torne algo mais grave!

Procure ter uma boa noite de sono

Top