Como saber se uma pessoa é hipertensa

Estima-se que 50% dos adultos, com idade acima de 50 anos, são hipertensos. As causas do aumento constante da pressão arterial ainda não são…

Estima-se que 50% dos adultos, com idade acima de 50 anos, são hipertensos. As causas do aumento constante da pressão arterial ainda não são bem definidas, principalmente quando o problema se manifesta em pessoas jovens. Porém, existem fatores que podem levar à hipertensão e quase todos eles estão relacionados à alimentação e estilo de vida. Hereditariedade também é um fator, embora muitas vezes os pais da pessoa não tenham esse problema. Veja como saber se uma pessoa é hipertensa.

A hipertensão é silenciosa (Foto: Divulgação)

Os riscos que corre a pessoa hipertensa

Quando uma pessoa tem pressão arterial elevada, elas correm o risco de sofrer as consequências causadas por comprometimentos vasculares, que podem ser tanto do cérebro quanto do coração. Isso acontece porque, com a hipertensão, os vasos sanguíneos ficam mais estreitos. Assim, para que o sangue seja adequadamente bombeado e levado ao corpo todo, o coração precisa trabalhar mais, ou seja, precisa fazer mais força para a tarefa, pois a passagem de sangue fica dificultada.

O coração, trabalhando em excesso, pode passar a se atrofiar e isso compromete a circulação sanguínea. Com o comprometimento da circulação, o cérebro também passa a receber menos sangue.

O cérebro e o coração são os órgãos mais afetados pela hipertensão. É por isso que muitos pacientes sofrem com problemas cardíacos (como o infarto) ou doenças que afetam os vasos sanguíneos cerebrais, como o derrame.

O estilo de vida é muito importante, em relação à pressão arterial (Foto: Divulgação)

Como saber se a pressão está alta

A melhor maneira de saber se a pressão está alta é medindo-a. A hipertensão é uma doença silenciosa e, quase sempre, quando é constatada, já está em uma fase avançada e perigosa.

Continuar Lendo  Excesso de Coca-Cola pode ter levado neozelandesa a morte

Até mesmo as crianças, quando vão ao médico, passam pela medição da pressão. Isso porque a hipertensão não escolhe a idade de suas vítimas. Portanto, é preciso verificar a pressão arterial, com frequência. Assim, se algo for constatado, haverá tempo para se adotar as medidas necessárias, como a medicação e a mudança nos hábitos alimentares e estilo de vida, como um todo.

A única forma de saber, é fazendo a medição frequente (Foto: Divulgação)

Uma pessoa é considerada hipertensa, quando a sua pressão arterial é maior ou igual a 140/90 mmHg. Dizemos que este valor é 14 por 9. Vale dizer que este valor ou valores muito próximos a ele demonstram uma hipertensão leve. Somente quando a hipertensão é considerada moderada ou grave é que se parte para o controle com medicamentos. No momento da medição, a pessoa deve estar em repouso. Tomando-se como referência um adulto, com idade acima de 18 anos, temos os seguintes valores:

– pressão ótima: abaixo de 120 (sistólica); abaixo de 80 (diastólica); ou seja, 12 por 8.

– pressão normal: abaixo de 130; abaixo de 85.

– pressão em estado de limite: de 130 a 139; de 85 a 89.

– pressão levemente alta: de 140 a 159; de 90 a 99.

– pressão alta moderada: de 170 a 179; de 100 a 109.

– pressão alta grave: acima de 180; abaixo de 110.

Top