Como saber se um produto de beleza foi testado em animais?

Na madrugada de 18 de outubro, ativistas invadiram o Instituto Royal, em São Roque. Eles encontraram 200 cães da raça beagle confinados para a realização de testes farmacêuticos. Os animais estavam vivendo em péssimas condições de higiene e alguns também tinham sinais de maus-tratos.

200 cães da raça beagle foram resgatados do Instituto Royal. (Foto:Divulgação)

O caso do Instituto Royal deixou os brasileiros revoltados e preocupados com a origem dos produtos de beleza que consomem. Quem defende a vida animal não quer se ligar às empresas que fazem testes em bichos.

Como descobrir se a marca testa seus produtos em animais?

Para descobrir se uma empresa faz testes de produtos em animais, basta consultar a lista da PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), um dos órgãos mais radicais quando se trata da proteção animal.

A ONG também divulga a lista ‘cruelty-free’, que inclui as empresas que não praticam crueldade contra animais em nenhuma das etapas do processo de fabricação. Estas marcas comprovam a segurança e eficácia dos cosméticos através de métodos alternativos, como pesquisas em células humanas in-vitro, peles sintéticas e testes com voluntários.

Antes de comprar um produto, é importante investigar a sua origem. (Foto:Divulgação)

Marcas que testam produtos de beleza em animais

Os testes de produtos de beleza em animais são realizados para observar as possíveis reações adversas do produto antes de colocá-lo no mercado. Além de cachorros da raça beagle, as pesquisas também são realizadas com ratos e coelhos.

Interessadas em despertar a conscientização dos brasileiros, algumas ONGs começaram a divulgar quais são as empresas que realizam testes em animais. A PETA, maior organização contra maus-tratos, publicou um arquivo com as marcas que não respeitam os seres vivos.

A lista de empresas de cosméticos que fazem testes em animais inclui Johnson & Johnson, Unilever, L’Oreal, Close-up, Dolce & Gabbana, L’Occitane, M.A.C. Cosmetics, Mary Kay, Michael Kors, Olay, Shiseido Cosmetics e P&G.

Marcas famosas são acusadas de fazer testes em animais. (Foto:Divulgação)

Marcas que não fazem testes em animais

Enquanto algumas empresas são acusadas de praticar crueldade contra os animais, outras são parabenizadas pela política em defesa da natureza.

As companhias nacionais que não realizam testes em bichos são: Água de Cheiro, Bioderm, Contém 1g, Davene, Éh Cosméticos, Embelleze, Eudora, Farmaervas, Granado, Impala, Jequiti, Koloss, L´aqua di Fiori, Leite de Rosas, Nativa Biocosméticos, Natura, O Boticário, OX, Quem Disse Berenice, Racco, Vult e Ypê.

Existem marcas internacionais que não realizam testes em animais e encontram meios alternativos se certificar a segurança dos seus produtos, tais como Anna Pegova, Aveda, Diane Von Furstenberg Beauty, Kryolan, L’Anza, Paul Mitchell, Stila, Urban Decay, Victoria’s Secret e Wet’n’Wild.

Reply