Como reverter resultados de concursos

Como reverter resultados de concursos? Quem já fez alguma prova e discordou do resultado já quis reivindicar seus direitos. E, se quiser as regras…

Como reverter resultados de concursos? Quem já fez alguma prova e discordou do resultado já quis reivindicar seus direitos. E, se quiser as regras da prova, tem grandes chances de questionar o resultado e realizar todo o procedimento para entrar com um recurso. Vale a penar ler cada item antes de participar de qualquer prova, pois cada instituição estabelece suas regras.

Como reverter resultados de concursos (Foto Ilustrativa)

Como reverter resultados de concursos

Como reverter resultados de concursosExiste uma novidade em relação aos candidatos que prestam concursos públicos, é que eles podem discordar de gabaritos, notas e o modo como às questões foram feitas. Só que para isso, o recurso deve ser bem fundamentado para ser aceito pela banca examinadora, pois segundo especialistas não basta discordar simplesmente. Confira mais informações de como proceder se notou alguma divergência ou sentiu que precisa entrar com recurso para reclamar de algo errado no concurso que você prestou.

Leia mais informações sobre: GABARITO TST (RESULTADOS E LISTA DE APROVADOS)

Recurso em concursos

Quanto maior a quantidade de pessoas insatisfeitas, mais chance se tem de rever o resultado (Foto Ilustrativa)

Ao discordarem de gabaritos, notas das provas objetivas e discursivas ou formulação de questões de concursos, os candidatos podem entrar com recursos para tentar reverter à situação. Esse procedimento é previsto em todos os editais e pode até de mudar o resultado final, visto que em vários casos a anulação das questões modifica o gabarito da prova, fazendo uma mudança na classificação final dos candidatos.

Segundo Lucca, coordenador geral do curso preparatório Siga Concursos, quando a questão é anulada a organizadora considera que todos os candidatos acertaram a questão.

Leia Também:  Concurso público Inpe 2012 vagas, inscrições

Como entrar com Recurso

Veja como agir nessa situação: O candidato entra com recurso discordando do gabarito, das notas das provas ou da forma como a questão foi formulada;

O modelo de formulário de recurso geralmente vem no corpo do edital do concurso e deve ser datilografado ou digitado pelo candidato;

A forma como o formulário deve ser enviado está especificada no edital. Podendo ser via Correios (Sedex), fax, pessoalmente e, em alguns casos, por e-mail;

Para pedir recurso, candidato deve ter seguido das as regras (Foto Ilustrativa)

O prazo que o candidato tem para encaminhar o recurso é em geral de dois a três dias após a publicação do gabarito ou resultado da prova. Todos os editais especificam o prazo. Sendo fundamental ficar de olho nas datas em que serão divulgados os gabaritos. Pois, os formulários enviados fora do prazo estipulado não serão aceitos;

A justificativa do candidato deve ser bem fundamentada, os argumentos devem ser sempre baseados no edital, para que seu recurso seja deferido;

Se o candidato não concordar com a resposta do recurso dada pela organizadora, ele pode ir à Justiça. Só que o processo pode levar meses ou até anos para ser finalizado.

Leia mais informações sobre: CONCURSO PARA OS CORREIOS 2015 DICAS

É importante seguir as regras

Conforme o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) as regras estabelecidas no edital devem ser analisadas antes de o recurso ser feito. O recurso deve ser claro, consistente, objetivo e devidamente fundamentado com base no regulamento, sob pena de indeferimento, segundo organizadora.

Antes de recorrer o candidato precisa estar atento ao que prevê o edital, principalmente em relação às disciplinas previstas na prova, bibliografia, à forma de elaboração das questões e mesmo ao número de perguntas previstas, segundo Carlos Alberto de Lucca, coordenador geral do curso preparatório Siga Concursos.

Antes de ser aprovado, recurso é analisado (Foto Ilustrativa)

Em relação à prova dissertativa o candidato pode pedir a revisão da nota da prova de redação. O Cespe/UnB, por exemplo, disponibiliza ao candidato a imagem da prova discursiva e o espelho de avaliação digitalizados na internet.

Leia Também:  Chelsea empata e se classifica para a final da Liga dos Campeões

Como são várias bancas que analisam a redação, o critério de avaliação é subjetivo. Então o candidato deve procurar um professor especialista para ajudá-lo a elaborar o recurso demonstrando que ele merecia uma nota maior com base no edital e na norma culta. É necessário ter uma segunda visão para se ter outra opinião.

Em alguns casos, o candidato que consegue ter o recurso aceito faz outra redação. Em relação ao prazo para as organizadoras responderem os recursos costuma ser entre 15 dias e um mês. Mas, o número de recursos influencia no tempo de análise.

Top