quarta-feira, 28 de setembro de 2022 - 28/09/2022 14:46:03
MundodasTribos

Durante muitos anos nossa população sofreu nas mãos de governantes gananciosos e ditadores que não se importavam com o bem estar do povo e só trabalhavam em beneficio próprio. Após muitos anos de luta e reivindicação da nossa população, o direito de escolher nossos representantes políticos foi conseguido e assim começamos a ter um pouco de voz ativa nas decisões do nosso país, podendo escolher os candidatos que mais se assemelham com nossas ideias e opiniões. Este direito que foi tão cobiçado e hoje já é a ideologia de vários países é conhecido como Democracia.

Hoje no Brasil, qualquer cidadão que tenha idade maior que 16 anos pode votar sendo o voto obrigatório para pessoas que tenham idade entre 18 e 70 anos e facultativo apenas para os maiores de 16, para os maiores de 70 anos, para os analfabetos e para os brasileiros que residem no exterior.

Basta você conferir se a sua idade bate com a idade permitida e providenciar seu título de eleitor para usar do seu direito de voto. Para tirar o seu título de eleitor, você só tem que se apresenta no cartório eleitoral mais próximo e levar os seguintes documentos:

– RG, certidão de nascimento ou certidão de casamento;
– um comprovante de endereço recente;
– um comprovante de quitação do serviço militar (apenas homens com idade entre 18 e 45 anos);

Ainda não existe uma maneira de tirar seu título de eleitor pela internet, mas você pode adiantar o andamento solicitando o protocolo através do site www.tse.jus.br onde você deverá preencher os dados solicitados e escolher o local de votação dentre os que estão disponíveis. Depois disso, basta você levar o protocolo e os documentos necessários para o cartório eleitoral mais próximo e assim retirar na hora seu título de eleitor.

Se você não puder comparecer a alguma votação, procure o posto de justificativa mais próximo e guarde seu comprovante. Caso você não possua o comprovante de justificativa, automaticamente vai estar em débito com o governo por não ter comparecido á votação e não se justificar.  Você precisará regularizar sua situação o mais rápido possível, pois enquanto ela não for regularizada, você perderá alguns direitos como prestar concursos públicos.

Para ter sua situação regularizada é fácil, você só tem que procurar um cartório eleitoral levando qualquer documento que prove sua identidade (RG por exemplo), seu título de eleitor e sua justificativa de falta/comprovante de votação. Se você não possui a justificativa, eles farão uma rápida pesquisa no Cadastro da Justiça Eleitoral para verificar sua situação e caso você esteja em débito com a justiça eleitoral, terá que pagar uma pequena multa que varia entre R$ 3,50.

Quem faltar a três eleições consecutivas corre o risco de ter o seu título cancelado, mas caso isso ocorra, você também pode regularizar sua situação adotando o mesmo procedimento citado acima. Após isso você terá que providenciar a segunda via do seu título, indo ao cartório eleitoral onde você esta inscrito, levando seu RG e preencher o requerimento de solicitação do seu título. Fique atento a data, pois a segunda via só pode ser requerida no prazo máximo de 10 dias antes da eleição.

O que este artigo aborda:

Como regularizar o Título de Eleitor

  1. Visite o site do TSE;
  2. Role a tela para baixo e preencha com seus dados a “Consulta e débitos do Eleitor” ;
  3. Em “Título de Eleitor”, opte entre “Tenho, e sei o número”
    ou “Tenho, mas não sei o número” (caso não esteja com o título em mãos);
  4. Confirme que não é um robô e clique em “Próximo”;
  5. O resultado não cita o nome do eleitor e é composto por apenas uma linha, informando se você está “regular” ou “irregular”;
  6. Não é necessário arquivamento.Como regularizar o Título de Eleitor

Leia também: Carteira de Trabalho – seus Direitos

Como quitar débito com a Justiça Eleitoral

Caso esteja em situação irregular, abrirá uma lista com todos os seus débitos com a Justiça Eleitoral.

  1. Gere o boleto para pagamento, clicando no símbolo da impressora, na mesma linha, à direita do valor;
  2. Informe o seu CPF, se desejar;Como regularizar o Título de Eleitor
  3. Imprimia a Guia de Recolhimento da União (GRU);
  4. Efetue o pagamento do boleto no Banco do Brasil.

 

Como regularizar o Título de Eleitor

Caso haja urgência para a regularização da situação eleitoral, entre em contato com a Zona Eleitoral onde for inscrito para orientações sobre a baixa da multa no sistema.

Leia também:CNH Social 2021: Inscrições e Cadastro

Como consultar pela internet

Antes de ir ao cartório, pode-se consultar a situação cadastral no Portal do TSE. Basta preencher o formulário disponível.

Se houver débitos de eleições anteriores a 2020, é necessário quitá-los antes de fazer o requerimento.

Clique aqui para obter a guia para quitação de multas.

O conteúdo "Como Regularizar o Título de Eleitor" foi feito por Redacao e distribuído por MundodasTribos na categoria Serviços em .

Redacao

Redação Mundo das Tribos.

1

Pode ser do seu interesse

www.lg.com.br: Site da LG

www.lg.com.br: Site da LG

DETRAN Goiás: Consulta IPVA, Multas, Renavam

DETRAN Goiás: Consulta IPVA, Multas, Renavam

Brinquedos Fisher Price

Brinquedos Fisher Price

Mercado Livre Motos Usadas

Mercado Livre Motos Usadas

Júlio Simões veículos, endereços

Júlio Simões veículos, endereços

Programa se Ela Dança eu Danço SBT

Programa se Ela Dança eu Danço SBT