Como Registrar Uma Marca

Legal, você criou uma marca e agora quer que ela seja exclusividade sua, então você precisa registrar, mas como fazer esse registro? Calma não…

Legal, você criou uma marca e agora quer que ela seja exclusividade sua, então você precisa registrar, mas como fazer esse registro? Calma não é tão difícil assim, pois primeiro você terá que apresentar o seu pedido no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) que vai examinar o pedido com base nas normas que são estabelecidas pela Lei da Propriedade Industrial e nas resoluções administrativas, mas antes de fazer o seu pedido é bom verificar se não existe nenhum outro igual, pois há possibilidade de seu pedido ser negado.

Por isso é aconselhável que ele seja bem discriminado para que ao ser examinado possa chegar a conclusões positivas de aceitação do registro.

Tipos de Marcas

Existem vários tipos de marcas que podem ser registradas, se você quiser registrar a sua marca deve saber a que categoria ela se encaixa se é produto, serviço, coletiva, certificação e a que elas se apresentam como Nominativa, Mista, Figurativa ou Tridimensional. Uma marca consiste segundo a lei brasileira a todo sinal distintivo que seja visualmente perceptível e que possa identificar e distinguir produtos e serviços com normas e especificações técnicas. Depois de aceita a sua marca e registrada você pode trabalhar com ela e ter plenos poderes e direitos autorais sobre a sua marca sem que ninguém possa contestar ou querer se apossar dela de maneira legal.

Como fazer o registro pela internet

Através do SENAI você pode fazer o registro de sua marca através do site http://www.pr.senai.br/marcasepatentes/Research3553content108562.shtml que vai fazer a busca de anteriores para você, pois essa busca é feita por profissionais que são especializados na área de propriedade intelectual que pode garantir uma orientação bem clara e muito eficiente. Depois de preencher o formulário que o site disponibiliza e fica em completo sigilo é só esperar pela resposta que você receberá por e-mail.

Leia Também:  Estatuto da OAB atualizado: baixar

Cuidando do que é seu

Por isso é tão importante fazer o registro de uma marca, para que ninguém possa se apossar dos seus direitos, já vimos muitas pessoas criarem marcas ou produtos e não fazerem o registro e quando menos esperam aparece com o nome de outra pessoa. E para que isso não aconteça que é importante fazer o registro, pois uma vez registrada ninguém mais pode fazer vai ser sua para sempre e lhe dá direitos autorais de trabalhar em cima da sua marca da maneira que quiser e quem sabe até ficar rico não é mesmo?

Muitos artistas principalmente os cantores fazem registro de suas letras de musicas para que ninguém possa se apossar delas, já vimos varias vezes alguns reclamando dos direitos autorais de suas musicas gravadas por outros artistas. Nesse caso é preciso pedir uma permissão e pagar para usar o que já é registrado por outra pessoa ou empresa para poder explorar e dependendo do tipo de contrato assinado e das clausulas que nele constar vai ser feito o acordo e terá que ser seguido.

Para concluir:

O registro de uma marca deve ser feito assim que for criada para que ninguém se aposse dela e para que você possa explorar a sua marca da melhor maneira possível sem se preocupar com nada. Uma vez registrada sua marca ninguém poderá se apossar dela ou fazer uso dela sem a sua permissão e se isso acontecer você tem o direito de reivindicar e exigir os seus direitos para que sejam cumpridos perante a lei. Por isso não deixe para depois, faça o registro assim que a sua marca for criada e se ainda não tiver uma marca e quiser ajuda pode contar com o SENAI que tem profissionais qualificados para lhe orientar e ajudar a criar a sua marca e mantendo tudo no maior sigilo profissional.

Leia Também:  Distribuição de livros grátis em São Paulo

Top