Como reconhecer uma pessoa neurótica

Muitas pessoas utilizam a palavra “neurótica” de forma inadequada, pois não saber o seu real significado. Devido a isso, muitas pessoas acabam relacionando a…

Muitas pessoas utilizam a palavra “neurótica” de forma inadequada, pois não saber o seu real significado. Devido a isso, muitas pessoas acabam relacionando a palavra neurose como sinônimo de loucura. Um grande equívoco! Na verdade, a neurose é uma reação exagerada do sistema emocional em relação a uma experiência vivida. Tendo isso em vista, separamos algumas informações sobre como reconhecer uma pessoa neurótica.

Saiba mais sobre a mania de organização.

Antes de ser taxado como neurótico, o indivíduo deve buscar a avaliação de um especialista. (Foto: divulgação)

Saiba qual o real significado de neurótica

A neurose é uma doença emocional, afetiva e da personalidade. Assim, devemos dizer que uma pessoa é neurótica e não está neurótica. Isso mostra que uma pessoa é uma maneira de ser, associado a alguns traços de personalidade. Ou seja, a maneira de ser “neurótica” significa que a pessoa reage às diversas situações da vida, através de vivências não normais e acabam resultando em uma reação exagerada.

São diversos os tipos de neuroses existentes

A maneira exagerada de reagir a diversas situações, representa um tipo de neurose. Entre eles, podemos citar:

  • Ansiedade;
  • Fobias;
  • Depressão;
  • Estresse;
  • Histeria;
  • Obsessões;
  • Compulsões, entre outros.

Doença mental X neurose

Diferente do que muitas pessoas pensam, a neurose não é uma doença mental. Ou seja, a neurose não é sinônimo de loucura, assim como também não afeta a inteligência do indivíduo. A pessoa neurótica, possuem sentimentos normais, como a afeição, o carinho, a raiva, a tristeza, entre outros. O que os difere dos indivíduos comuns, é a forma e a quantidade como expressa esses sentimentos. Isso porque os neuróticos ficam mais ansiosos, mais angustiados, mais deprimidos, mais tristes, enfim, apresentam as mesmas emoções que qualquer pessoa, porém em quantidade que compromete a adaptação.

O sentimento exagerado pode ser um sinal de neurose. (Foto: divulgação)

Saiba se a neurose é herdada

Até o momento não foi comprovado se a neurose é uma doença genética. O que se sabe é que ela faz parte da identidade da pessoa, mas não necessariamente, foi herdada geneticamente. Porém, quando uma pessoa é taxada como neurótica, ela poderá apresentar essa característica pelo resto de sua vida, a não ser que seja adequadamente tratada.

São diversos os tipos de neurose existentes. (Foto: divulgação)

Algumas pessoas são erroneamente taxadas como neuróticas, quando não o são. Uma pessoa neurótica deve apresentar algumas atitudes comuns, em especial, a de manifestar os sentimentos de maneira exagerada, sem pensar nas consequências. No entanto, antes de receber esse diagnóstico, é muito importante que o indivíduo busque a orientação de um especialista, de modo a receber uma avaliação adequada, seguida de um tratamento eficaz.

Leia Também:  Principais causas da queda de cabelo

Conheça o tratamento contra o ciúmes.

Top