Como realizar cirurgia plástica pelo SUS

É possível fazer cirurgia plástica pelo SUS. A maioria das pessoas tem dúvidas sobre como fazer cirurgia plástica através do Sistema Único de Saúde…

Por Editorial MDT em 17/01/2012

É possível fazer cirurgia plástica pelo SUS.

A maioria das pessoas tem dúvidas sobre como fazer cirurgia plástica através do Sistema Único de Saúde (SUS). Existe uma lei própria que obriga o governo a oferecer, gratuitamente, este serviço para a população. O objetivo é proporcionar um maior bem-estar, além de melhorar a qualidade de vida do cidadão.

É possível fazer plástica sem gastar nada

Há vários motivos que levam uma pessoa a querer se submeter a um procedimento cirúrgico deste porte. O mais importante de todos, é que permite ao paciente ter uma vida normal, tanto no aspecto social, quanto no emocional, dependendo do problema que a estética traz para a vida dele.

O SUS realiza este tipo de cirurgia, porém existem critérios elaborados para a escolha dos pacientes. Alguns hospitais universitários, hospitais-escola, hospitais públicos e até clínicas particulares, realizam esta atividade para o governo. Algumas vezes as cirurgias são feitas apenas pela solidariedade dos médicos ou por força judicial regida pela lei.

A cada ano cresce mais a procura pela cirurgia para correção apenas estética.

Normalmente, os procedimentos realizados pelo SUS priorizam pessoas que nasceram com deformidades capazes de impedir uma vida normal. Por isso, pessoas que apenas querem melhorar a estética acabam ficando em segundo plano, demorando mais para realizarem o desejo.

Quando a cirurgia plástica pelo SUS é indicada?

Os casos onde o procedimento é mais empregado são:

  • Reconstrução mamária após remoção do seio com câncer;
  • Crianças com labioleporino;
  • Fenda-palatina;
  • Queimaduras que levaram a deformações;
  • Abdominoplastia para remoção de excesso de pele após cirurgia do estômago;
  • Deficiência ou deformidades no rosto.

A cirurgia plástica com finalidades exclusivamente estéticas e reparadoras só são possíveis pela rede privada. Os planos de saúde não cobrem tais cirurgias, pois o entendimento é que não teriam tanta importância para vida psico-social do paciente.

Os procedimentos apenas estéticos ficam em segundo plano.

Como conseguir a cirurgia

Para cirurgias plásticas com fins corretivos, o SUS disponibiliza um site que informa as instituições que podem ajudar, sempre levando a especificidade de cada problema, o site é o ajuda Brasil.

É ressaltar pensar que muitos querem, e precisam, realizar cirurgias plásticas sem gastar dinheiro, por isso o processo é demorado e complicado. Primeiramente é necessário procurar um posto de saúde próximo a sua residência. Somente nesse local você poderá consultar se realmente existe possibilidade de conseguir a cirurgia através do SUS. Outra alternativa é procurar os hospitais universitários ou entidades ligadas a projetos de saúde e verificar se é possível efetuar o procedimento.

Top