Como proteger seu filho na internet

A tranquilidade que a casa proporciona a família faz com que pareça que os filhos não estão correndo riscos ao acessar a internet. Afinal,…

A tranquilidade que a casa proporciona a família faz com que pareça que os filhos não estão correndo riscos ao acessar a internet. Afinal, achamos que ninguém sairá do computador para fazer mal a ele. Porém, é preciso ter cuidado, pois a internet pode ser um meio de grandes perigos para as crianças e adolescentes. Veja como proteger seu filho na internet.

Os pais devem ficar de olho no que os filhos acessam na internet. (Foto: divulgação)

Protegendo seu filho

As crianças e jovens estão cada vez mais aprendendo a lidar com as inovações tecnológicas, deixando os pais e educadores muito preocupados. Afinal, a ética, responsabilidade, segurança e consciência são temas que os pais devem ensinar para os filhos no que diz respeito ao mundo da informática.

Os pais não precisam saber tudo sobre internet para proteger seus filhos dos perigos que rolam na rede. Mas é essencial orientar os filhos e estar sempre atento para o que eles estão fazendo no computador. Proibir não a melhor forma de educar, o ideal é conversar e impor limites para o acesso a internet.

Os pais devem conversar com as crianças sobre a internet. (Foto: divulgação)

Veja também cuidados ao postar fotos das crianças em redes sociais 

Como proteger seu filho na internet

1. A internet é uma ferramenta de muitas oportunidades, por isso seu filho não pode ser proibido de usá-la. Por isso, ele pode estudar e conversar com os amigos;

2. Converse com seu filho e diga para ele informa-lo caso perceba algo estranhos nos sites ou redes sociais que ele visita. Não deixe de perguntar quais são os sites que ele navega;

Leia Também:  Como eliminar a barriga após a gravidez

3. Gravar ou espionar o que os filhos fazem pode não ser a melhor alternativa.  Os programas de filtros de conteúdos são excelentes alternativas, mas a conversa sobre os perigos é de responsabilidade dos pais;

4.  Explique para seu filho que nem tudo o que é dito na internet é verdade. Sendo assim, qualquer pessoa pode mentir idade ou suas reais intenções;

5. Os pais devem orientar os filhos para não expor seus endereços pessoais e outras informações que coloquem em risco sua segurança;

6. Esteja sempre disposto a ajudar seus filhos quando pedirem ajuda por se sentirem ameaçados ou receberem conteúdos impróprios;

7. Estabeleça horários para seu filho usar a internet. Não adianta somente tirá-las da frente da internet, é preciso estabelecer outras atividades como caminhar, passear, estudar e etc.

A internet pode ser perigosa para as crianças. (Foto: divulgação)

Veja também os perigos que a internet pode oferecer a vida da criança 

A internet pode ser uma grande aliada do conhecimento dos seus filhos. Porém, é preciso ter alguns cuidados, pois ela pode ser também um meio muito perigoso para as crianças e adolescentes.  Os pais devem ficar atentos para que os filhos não sejam vítimas de crimes como pedofilia e outros abusos que coloquem em risco a saúde emocional ou física da criança.

Top