Como prevenir obesidade na infância

A obesidade vem aumentando cada vez mais e, não ocorre apenas em adultos. As crianças vem adquirindo hábitos que ajudam a causar obesidade infantil.…

A obesidade vem aumentando cada vez mais e, não ocorre apenas em adultos. As crianças vem adquirindo hábitos que ajudam a causar obesidade infantil. Os fatores que contribuem com o ganho de peso exagerado incluem dieta, fatores sociais, econômicos, fisiológicos e genéticos. Os pais com excesso de peso carregam genes e hábitos que proporcionam um ambiente “obesogênico”. Saiba mais sobre o assunto e veja como prevenir a obesidade na infância.

A obesidade na infância é um problema cada vez maior. (Foto: divulgação)

Obesidade infantil

A obesidade infantil está fora do controle no Brasil e em outros países. De acordo com estatísticas, o número de crianças entre 6 e 11 anos que são obesas duplicou desde 1980. A definição de obesidade simplesmente é de ter excesso de gordura corporal. É essencial tratar a obesidade infantil para prevenir problemas de saúde.

O excesso de peso significa que o seu peso está acima dos níveis considerados saudáveis. Além disso, esse fator aumenta consideravelmente a probabilidade do desenvolvimento de doenças relacionadas. Os pais são exemplos que as crianças seguem e se os primeiros consomem dietas hipercalóricas e desregradas, isso será transmitido para os filhos.

Os indivíduos de classes sociais mais baixas tendem a consumir dietas de pior qualidade com menos frutas e hortaliças quando comparadas às demais classes. Isso acontece ao menor conhecimento sobre os hábitos saudáveis e também devido ao preço mais acessível dos alimentos hipercalóricos como arroz, farinha e macarrão. As crianças tendem a preferir alimentos doces e ricos em gorduras. Por isso, se não houver hábito saudável os pequenos acabarão optando por dietas inapropriadas.

Os pais devem incentivar as crianças a consumirem alimentos saudáveis. (Foto: divulgação)

Como prevenir obesidade na infância

1. Quanto maior for a variedade dos alimentos na dieta, maior será a garantia de que a alimentação é equilibrada;

Leia Também:  Os melhores looks para usar na academia

2. Os cereais, as batatas devem fazer parte a alimentação de forma que os hidratos de carbono representem em torno de 60% das calorias na dieta;

3. O ideal é que a ingestão calórica não ultrapasse os 30% da ingestão diária, devendo diminuir o consumo de gorduras saturados e ácidos graxos;

4. As proteínas devem ser consumidas entre 10 e 15% das calorias totais;

5. Deve-se aumentar a ingestão diária de frutas, legumes, verduras e hortaliças pelo menos 400g ao dia;

6. Diminua o consumo de produtos ricos em açúcar simples, doces e outras guloseimas;

7. Reduza o consumo de sal, por pelo menos 5g por dia;

8. Deve-se consumir em torno de um ou dois litros de água por dia. Nunca deixe de oferecer a criança um café da manhã completo.

A alimentação saudável é essencial para prevenir a obesidade. (Foto: divulgação)

A obesidade é um problema que acomete tanto crianças quanto adultos. A alimentação saudável é a melhor forma de evitar a obesidade infantil. Além disso, é necessário adotar uma rotina de atividade física para a criança, dessa forma é mais fácil prevenir o problema.

Top