Como prevenir a candidíase no verão

Não é em vão que grande parte dos episódios de candidíase ocorre no verão. Nesse período, transpiramos mais, principalmente na região da vagina, que…

Por Editorial MDT em 29/01/2013

Não é em vão que grande parte dos episódios de candidíase ocorre no verão. Nesse período, transpiramos mais, principalmente na região da vagina, que fica úmida e propícia para a proliferação de microorganismos. Saiba mais sobre o assunto e veja como prevenir a candidíase no verão. Confira.

A higiene íntima é essencial para prevenir problemas como a candidíase. (Foto: divulgação)

Candidíase no verão

No verão os dias são mais quentes e com isso a transpiração aumenta, fazendo com que a vagina fique úmida e propícia para a proliferação de candidíase. Além disso, e exposição solar pode diminuir as defesas do organismo, abrindo portas para que esses inimigos entrem.

A Candida vive no nosso corpo, geralmente no intestino, não fazendo mal algum sob condições normais. Porém, quando a imunidade fica baixa, ela ataca outras partes do corpo, como a vagina e começa a se proliferar de forma incontrolável, gerando vários sintomas e incômodos.

Além da região genital, a Candida pode atingir outras regiões do corpo, como a boca. Trata-se do famoso sapinho. A doença ainda pode ser gerada por outras situações, como uso de medicamentos que baixam a resistência, sendo antibióticos, corticóides e imunossupressores. O estresse também leva a um esgotamento físico, além das duchas vaginais e uso de desodorantes íntimos, que alteram o pH da vagina.

Não fique com calcinhas e biquínis molhados. (Foto: divulgação)

Veja também candidíase, entenda melhor essa doença 

Como prevenir a candídiase no verão

1. A principal forma de prevenir a candidíase é diminuir a umidade em áreas-chave do corpo, mantendo bem secas após o banho e tomando outras medidas simples;

2. A região vaginal deve ser ventilada. Por isso, dormir sem calcinha, não usar roupas apertadas, preferir roupas intimas de algodão podem evitar o aparecimento de candidíase;

3. O uso de sabonetes para controlar a flora vaginal, não deixar a tolha de banho molhada, não dividir roupas intimas e nem toalhas de banho com outras pessoas;

4. Nas praias ou piscinas, é importante não ficar muito tempo com a parte de baixo do biquíni molhada. Uma dica é sempre ter uma peça sobrando para fazer a troca;

5. Manter uma boa qualidade de vida, mesmo diante dos problemas de saúde, faz com que você se recupere mais rápido. Portanto, aposte em uma alimentação balanceada, pratique atividades físicas, durma bem e evite maus hábitos, pois isso ajuda a manter a imunidade alta e dessa forma previne a candidíase.

Prefira calcinhas de algodão, pois deixam a vagina respirar. (Foto: divulgação)

Veja também tratamento contra a candidíase, cuidados 

A candidíase é uma doença muito comum, principalmente nos dias mais quentes e úmidos. Para evitar esse problema é preciso ter cuidados com a umidade nos órgãos genitais, mantendo-os sempre sequinhos. Aposte também em hábitos saudáveis que aumentem a imunidade e deixem nosso organismo mais resistente.

 

 

 

 

Top