Como pedir carta de recomendação para um novo emprego

Como pedir carta de recomendação para um novo emprego

Depois de ser aprovado nas principais etapas do processo seletivo, como análise de currículo, dinâmica e entrevista, o trabalhador pode se deparar com a…

Por Isabella Moretti em 03/07/2013

Depois de ser aprovado nas principais etapas do processo seletivo, como análise de currículo, dinâmica e entrevista, o trabalhador pode se deparar com a necessidade de pedir uma carta de recomendação para o novo emprego.

A carta de recomendação pode fazer a diferença no novo emprego. (Foto:Divulgação)

O que é a carta de recomendação?

A carta de recomendação é um item que pode fazer a diferença para conseguir emprego. Ela tem como objetivo expressar a opinião de uma pessoa, que pode ser tanto um professor como também um antigo empregador.

Através da carta de recomendação é possível conhecer traços da personalidade do candidato. Quem faz a leitura do documento também fica por dentro das habilidades e conhecimentos específicos do trabalhador que disputa uma vaga de emprego.

Não existe um modelo ou texto padrão de carta de recomendação. No entanto, na hora de montar o documento, a pessoa que está expressando a sua opinião precisa ser bem objetiva e concisa.

Entre os itens que devem aparecer na carta de recomendação, vale ressaltar o período de trabalho, a função, as atividades realizadas, o desempenho na realização das tarefas, as qualidades profissionais, o potencial e os pontos fortes. Ao final do documento, quem faz a recomendação precisa informar nome, cargo, telefone e assinatura. A carta, quando assinada por um ex-chefe, mostra que o profissional não teve problemas de relacionamento com o emprego anterior.

A carta de recomendação pode ser pedida ao ex-chefe, desde que haja uma boa relação. (Foto:Divulgação)

O profissional que está indicando o trabalhador não pode contar mentiras na carta de recomendação, afinal, as informações costumam ser checadas antes da contratação.

Dicas para pedir uma carta de recomendação

Confira dicas para conseguir uma carta de recomendação:

• Para tirar benefícios de uma indicação, é necessário que o profissional mantenha a sua rede de relacionamento ampla e atualizada;

• As empresas que recrutam não costumam pedir a carta de recomendação. Logo, o documento pode se tornar um diferencial no processo seletivo;

• Não é recomendado solicitar a carta de recomendação a um colega de trabalho, afinal, o documento precisa ter efeito de confiabilidade;

• O pedido da carta de recomendação deve ser feito ao gerente ou chefe. O documento também pode ser solicitado no setor de Recursos Humanos;

A carta exalta as qualidades do profissional, sem contar mentiras. (Foto:Divulgação)

• Se o funcionário foi demitido por causa do seu baixo desempenho, ele não deve pedir uma carta de recomendação. A demissão por justa causa impede a elaboração de uma boa carta de recomendação;

• Os especialistas em recrutamento recomendam entregar a carta de recomendação na hora da entrevista e não simplesmente anexá-la ao currículo.

Top