Como pagar uma conta pela internet sem correr riscos

Pagar contas pela internet é garantia de praticidade e conforto. O usuário não precisa enfrentar trânsito, calor, frio, filas e todos os outros tipos…

Por Paulo Lima em 19/04/2012

Apesar de garantir mais conforto e praticidade, o pagamento de contas pela internet exige alguns cuidados importantes.

Pagar contas pela internet é garantia de praticidade e conforto. O usuário não precisa enfrentar trânsito, calor, frio, filas e todos os outros tipos de intempéries que as pessoas geralmente enfrentam quando vão quitar os seus débitos.

Entretanto, por mais atraente que esta ideia possa ser, ela exige alguns cuidados importantes, porque ninguém está 100% na hora que vai usar o computador. As máquinas com acesso a internet vivem sob constante ameaça de ataques virtuais. Um minuto de desatenção já é suficiente para gerar sérios transtornos ao usuário.

Se você costuma fazer o pagamento de contas pela web, tenha bastante cautela na hora de ler emails, acessar redes sociais ou baixar programas, pois essas são as principais fontes de vírus. Às vezes, uma mensagem que parece inofensiva esconde ferramentas capazes de roubar suas senhas e seus dados pessoais.

Cuidado ao ler emails, instalar programas ou acessar as redes sociais, pois essas são as principais fontes de vírus.

Outra orientação importante é sempre manter o seu antivírus atualizado. Você pode instalar versões gratuitas, desde que elas sejam originais e venham de fontes confiáveis. O importante é não deixar o computador sem este tipo de proteção, senão ele ficará extremamente vulnerável a invasão de hackers.

Geralmente, as empresas que oferecem o serviço de pagamento online exigem do usuário a criação de uma senha para a sua identificação. Especialistas em segurança na internet explicam que um bom código precisa ter, no mínimo, oito caracteres, e misturar letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres. Quanto mais complexa for a sua senha, menor é a probabilidade de que alguém a descubra.

O ideal é que sua senha tenha no mínimo 8 caracteres, e misture letras, símbolos e números.

Além disso, jamais use as mesmas sequências para serviços diferentes. Por exemplo, a senha para você acessar a sua Internet Banking não deve ser igual a do seu email pessoal. Evite, também, utilizar este tipo de serviço em ambientes públicos, como lan houses, hotéis, shoppings e cybers-café. Como nesses lugares os computadores são acessados por várias pessoas, seus dados acabam ficando mais expostos.

Lembre-se de que, ao contrário do que muita gente pensa, os piratas da internet não estão interessados em atacar sites governamentais ou de grandes corporações. Esta é uma minoria, já que boa parte deles focam suas ações nos computadores pessoais, que são mais frágeis e passíveis de invasão. Agora que você já sabe quais são os riscos que a internet oferece, siga as orientações que separamos e não dê brecha para o azar.

Top