Como não levar trabalho para casa

Dificuldade em dizer “não”, má administração do tempo de trabalho, falta de negociação de prazos, problemas de planejamento e cultura da empresa são os…

Por Élida Santos em 09/04/2012

Trabalhar em casa só tlhe deixa mais cansado, se não houver planejamento (Foto: Divulgação)

Dificuldade em dizer “não”, má administração do tempo de trabalho, falta de negociação de prazos, problemas de planejamento e cultura da empresa são os principais motivos que fazem com que os profissionais levem trabalho para casa. A facilidade de se ter informações corporativas dentro da sua residência, através de e-mail e celular, fazem com que se dê um jeitinho de trabalhar até nos momentos que eram para ser de descanso. Se você quer se livrar dessa rotina de “trabalho caseiro”, veja as dicas abaixo:

☰ CONTEÚDO

Planejamento

Geralmente começamos pela tarefa que temos mais facilidade, mesmo que inconscientemente. Aquele relatório chato sempre fica para o final, o problema é que com o prazo para vencer não tem como escapar: o documento deve ser redigido. Quando o colaborador da companhia busca antecipar suas tarefas o desgaste é menor, assim como a necessidade de se levar trabalho para casa. Use agendas, aplicativos no celular ou no Outlook para que você não se esqueça das tarefas, além disso, se tiver mais dificuldade em exercer determinada função delegue mais tempo a ela e comece com antecedência.

 

Faz parte do seu planejamento dizer 'não' para tarefas que vão muito além da função (Foto: Divulgação)

Diga “não”

Para agradar a chefia, ou para mostrar que é capaz de dar conta do recado, as pessoas acabam assumindo mais tarefas do que deveriam, e o excesso de funções faz com que a residência passe a ser uma extensão do ambiente de trabalho. Aprenda a dizer “não”. Se permita curtir um fim de semana sem ter que ficar pensando nas tarefas que deixou de fazer. Seja sincero com você mesmo, se ver que a agenda está lotada explique a situação para o chefe e diga que até pode fazer, mas se o prazo for bem maior, ou peça educadamente para ele delegar uma de suas funções (mais simples), para outro funcionário, para que você dê conta das tarefas mais complexas.

Faça atividades fora do trabalho

Se a vida da pessoa é trabalhar e ficar em casa assistindo televisão nas horas vagas, certamente não vai se importar de levar tarefas para casa. Procure fazer atividades que lhe motivem a não ficar bitolado, pensando 24 horas do dia no trabalho. Pratique exercícios físicos (o que também ajuda na manutenção da saúde), faça cursos de línguas, aulas de dança, pintura, teatro, ou qualquer outra coisa que lhe faça feliz. Mas não vale faltar da atividade em questão sempre para ficar trabalhando.

Pausas ao longo do dia

Na intenção de terminar as atividades logo, alguns profissionais nem levantam da cadeira para ir ao banheiro ao longo do expediente. O nível de estresse durante o trabalho é alto, e algumas pausas para tomar um café, água ou chá, e claro, para usar o toalete, não fazem mal a ninguém, pelo contrário, ajudam a manter a concentração.

Procure um espaço sem internet e celular para conseguir descansar de verdade (Foto: Divulgação)

Desconecte-se

A principal dica para não trabalhar em casa é se desconectar. Nada de checar e-mail do conforto do seu lar. É comum estar de férias e continuar recebendo mensagens eletrônicas ou até ligações dos colegas de trabalho. Se possível (faça um esforço), principalmente nos primeiros dias de recesso, busque um local livre das tentações tecnológicas, onde não é possível receber ligações e a internet não chegue por lá. Assim seus colegas de companhia entenderam o significado de férias e passarão a não lhe incomodar.

Top