Como não errar na escolha da banheira

  A escolha da banheira depende do espaço e das combinações com os outros elementos. Não dá para escolher um modelo desproporcional ao banheiro,…

Reconheça o espaço do banheiro para escolher a banheira ideal.

 

A escolha da banheira depende do espaço e das combinações com os outros elementos. Não dá para escolher um modelo desproporcional ao banheiro, isso pode prejudicar o resultado final da decoração. Por essas e outras vale analisar a variedade disponível no mercado para optar pela banheira ideal.

Desenvolvida em função do relaxamento e banho agradável, a banheira é um item constantemente associado ao luxo. No entanto, não são todas as pessoas que possuem um orçamento compatível para adquirir um modelo caro e sofisticado. Aspectos como preço e necessidades dos moradores são importantes no momento de definir a banheira e não ter prejuízos.

Confira dicas para não errar na escolha da banheira:

1. Espaço: uma banheira grande não é compatível com um banheiro pequeno, por isso vale a pena reconhecer as dimensões do cômodo antes da compra. Caso o ambiente tenha espaço, procure encaixar a banheira ampla da melhor forma possível.

2. Conforto: as ofertas de banheiras nas lojas nem sempre são viáveis, afinal, o consumidor pode pagar mais barato por um produto de baixa qualidade. Por isso não coloque em jogo o conforto do seu banheiro para fazer economia na decoração.

Banheira de canto.

3. Formato: os modelos retangulares variam quanto ao tamanho e estão disponíveis no mercado com mais variedade. A banheira redonda ou de canto costuma funcionar melhor em ambientes pequenos, aproveitando o espaço limitado sem sufocar ou interferir na composição.

4. Estilo: a variedade expressiva dos catálogos das fabricantes pode confundir, por isso é importante determinar um estilo para a banheira. Ela pode ser individual, dupla, simples, sofisticada, entre outras possibilidades.

Leia Também:  Cuidados na hora de trocar as fraldas do bebê

5. Acabamento: vários tipos de materiais são usados para fabricar banheiras, como placas acrílicas e vidro. A determinação do preço depende do modelo, mas é importante o consumidor já ter em mente que as versões em vidro são as mais caras.

6. Qualidade: além de se preocupar com o visual, o consumidor precisa estar certo de que a banheira cumpre com as funções. Verifique primeiramente se as bordas são rígidas e se as tubulações estão bem demarcadas para que a água possa circular. Quando a banheira não é fabricada com resina pura, sua estrutura pode ser comprometida por trincas.

Veja se o orçamento é viável para o modelo de banheira escolhido.

Aproveite as dicas para escolher a banheira ideal e otimize a decoração do banheiro com esse novo elemento. Tudo indica que o ambiente ficará mais aconchegante, agradável e charmoso.

Top