Como limpar machucados

A pele é o maior órgão que temos em nosso corpo. Ela também é nossa principal defensora contra microrganismos. Apesar de conter muitas bactérias…

Por Editorial MDT em 22/04/2012

É importante limpar os machucados para não ocorrer complicações.

A pele é o maior órgão que temos em nosso corpo. Ela também é nossa principal defensora contra microrganismos. Apesar de conter muitas bactérias que podem causar doenças, não ficamos doentes, pois elas não conseguem entrar no nosso corpo. A pele nos protege. O problema começa a surgir quando essa proteção é machucada, estabelecendo uma entrada para os microrganismos que podem causar infecções. Para isso é importante saber como limpar os machucados, para que não causem problemas maiores.

Tipos de machucados

Os machucados ou ferimentos são classificados de acordo com o mecanismo que causa a lesão:

  • Incisos ou cortantes: são aqueles causados por faca, lâminas e outros;
  • Perfurantes: causados por objetos com pontas como os pregos, alfinetes e agulhas;
  • Escoriação: é um machucado superficial na pele, ocorre geralmente quando raspamos a pele contra alguma superfície dura, como o chão;
  • Laceração: trata-se de uma lesão mais profunda, provocada por um corte ou um rasgo;
  • Contusas: geralmente atingem os tecidos abaixo da pele. Como soco, pancadas fortes e etc. normalmente causam manchas roxas em volta da ferida;
  • Queimaduras: causadas por fogo, produtos químicos, radiações e outros.

Tampe o corte leve com um band-aid ou esparadrapo.

Como limpar os machucados

Antes de cuidar de qualquer ferimento, as mãos devem ser bem lavadas com água e sabão. Se possível passar álcool nelas após a lavagem.

1.    Machucados leves: 

  • Pequenos cortes, perfurações superficiais e escoriações podem ser feitos com a limpeza do local;
  • Água e sabão são suficientes na maioria dos casos. O soro fisiológico 0,9% também pode ser utilizado;
  • A limpeza deve ser feita até que sejam removidos todos os sinais de sujeira, ou corpos estranhos como a grama, terra e outros;
  • Para limpar podem ser utilizadas gazes ou um pano bem limpo. O ideal é jogar água ou o soro em cima do machucado e utilizar a gaze ou pano somente para secar;
  • Pode ser utilizados anti-sépticos para melhor eficácia da limpeza e para proteger o local;
  • Pomadas cicatrizantes também são excelentes opções, porém somente com indicação médica;
  • Procure proteger a ferida com um Band-Aid ou outra fita aderente, que não machuque na hora de ser retirada.

2. Machucados mais profundos:

  • Os machucados ou lesões mais profundas devem ser avaliados pelo médico, para verificar se existe a necessidade de pontos ou não;
  • De qualquer forma, a primeira limpeza pode ser feita com água corrente ou soro fisiológico;
  • Quando notar presença de corpos estranhos, como vidro, procure o médico para que ele retire. A retirada em casa pode piorar ainda mais a lesão.

3.      Queimaduras: 

  • Nos casos de queimaduras que não rompem a pele, a limpeza deve ser feita com água e sabão de forma bem suave;
  • Jamais estoure as bolhas;
  • Não use quaisquer substâncias não esterilizadas como manteiga, margarina, pó de café e outros. Esses produtos podem estar contaminados e causar lesões mais graves;
  • No caso de queimaduras mais graves, o médico deve ser procurado imediatamente para avaliar.

Antes de tudo, lave bem as mãos.

O uso de produtos desinfetantes pode atrapalhar a cicatrização dos machucados. Não se esqueça que água e sabão são as melhores escolhas para a maioria das lesões pequenas. O ideal é utilizar qualquer produto somente sob prescrição médica. Evite o uso de álcool e iodo em feridas abertas, pois eles podem irritar e piorar as inflamações.

Top