Como Lidar com Perdas e Luto

Perder alguém que se ama é algo tão doloroso. Uma sensação inexplicável de enterrar um ente querido e ainda ter que lidar com a dura realidade de nunca mais ver aquela pessoa na hora das refeições, na hora da conversa entre a família e nem tão pouco nos momentos em que todos saem para jantar fora, comer pizza, sorrir, brincar. São em momentos como estes que a saudade aperta ainda mais e você vê o quanto vai ser dura a vida de agora em diante.

Quando um filho perde uma mãe, uma mãe perde um filho, o pai que não vai mais voltar para casa ou ainda aquele amigo querido que lhe emprestava o ombro para chorar não há, infelizmente, um manual para ensinar como lidar com a dor. Quando se trata de sentimentos, algo que cada um possui uma forma de expressar, não existe fórmulas que ensinem como saber viver e conviver com isso.

A psicologia dá sim muitas orientações sobre como não se entregar ao luto, usando meios para recomeçar a vida e começar a enxergar o brilho do sol mesmo em meio ao nublado que a dor no peito deixa no dia de alguém que passou por uma tragédia. E o Mundo das Tribos separou para você que hoje enfrenta uma triste situação como esta algumas dicas de como enfrentar tratamentos para perdas e lutos.

Como já citado, sabemos que não se trata de nada muito fácil, porém, não custa mesmo tentar seguir em frente com a vida e nunca esquecer que acima de tudo e de todos, que bem acima de todas as teorias científicas da psicologia, Deus está sempre pronto para lhe ajudar a superar todas as dificuldades. E isso não se trata de religião, mas de um Ser que existe e que compreende todas as dores humanas e é bom o suficiente para ajudar a tirá-las do coração.

Seguindo, ao menos se esforçando, para tentar pôr em prática estas dicas, tenha certeza de que vai dar uma boa ajuda para que o tempo ajude a fechar as feridas da perda sem que com isso as boas lembranças da pessoa amada que partiu. Então vamos a elas e que Deus abençoe numa rápida recuperação.

A primeira dica é: volte a fazer as coisas que gosta. Se ama ir ao cinema curtir o lançamento dos filmes mais esperados, não deixe de fazer isso para ficar na cama chorando. Vá ao cinema sim e aproveite estes momentos de lazer para entreter a mente e esquecer um pouco da tristeza.

A segunda dica é exercitar a ausência da pessoa. Não se trata de apagá-la da memória até porque é impossível esquecer a quem se ama, mas assimile que ela não estará mais em casa nem vai participar de momentos da família. Quanto antes isso é absorvido, menos crises de choro serão dadas e consequentemente menos sofrimento. A terceira dica é sempre que possível falar das coisas boas vividas com a pessoa que partiu. Isso vai ajudar a mantê-la sempre perto do coração e seu coração mais afagado com tão boas recordações.

A quarta dica é nunca se revoltar. Todos um dia terão que morrer, de uma forma ou de outra, todos terão que morrer e misturar a dor da perda com sentimentos nocivos como mágoa, rancor, dor e vingança só vai piorar a situação. Quanto mais você se desprender de coisas ruins na alma, mas livre será para retomar a vida de cabeça erguida.

Ore muito. Esta dica é a mais importante de todas. Não deixe Deus de fora da sua dor. Participe a Ele, com suas palavras, tudo o que sente, tudo que pensa e tenha certeza de que Ele vai mandar um socorro para a sua alma. A Bíblia diz que “Ele é o socorro bem presente na hora da angústia” então, se apegue sempre a Deus e verá como logo o sol voltará a brilhar. Com esta forma de ver a vida, a morte e a dor, será bem mais fácil aprender a seguir em frente e voltar a sorrir, coisa que todos que cercam você mais deseja para a sua vida, para o seu cotidiano e recomeço de uma trajetória cheia de paz e muita felicidade.

Reply