Como lidar com pai idoso, dicas

Algumas mudanças causadas pelo envelhecimento do pai podem ser muito difíceis de lidar. Muitas vezes ele deixa de executar atividades que antes realizava sozinho,…

Por Editorial MDT em 20/06/2012

As mudanças causadas pelo envelhecimento nem sempre são fáceis de lidar

Algumas mudanças causadas pelo envelhecimento do pai podem ser muito difíceis de lidar. Muitas vezes ele deixa de executar atividades que antes realizava sozinho, como se alimentar e vestir, tomar as decisões por conta própria e proteger os filhos de todos os perigos, e se tornam dependentes e incapazes de decidir o que é melhor para si mesmo. Pensando nisso, selecionamos dicas de como lidar com pai idoso.

Envelhecimento fisiológico

O processo de envelhecimento é normal em todos os seres humanos e envolve uma série de alterações das funções orgânicas e mentais, devido aos efeitos da idade avançada sobre o organismo. Dessa forma, o corpo perder gradualmente o equilíbrio e começa a declinar.

Na maioria das vezes, os filhos têm muita dificuldade em passar por todo processo de envelhecimento do pai, principalmente quando chega a hora de reconhecer que, dependendo da situação, o idoso não pode mais viver sem algum tipo de ajuda.

Uma série de sentimentos está envolvida no processo de “cuidar”, tanto de culpa quanto de amor, medo, rivalidade familiar, falta de compreensão, obrigação, necessidade de aprovação e muitos outros fatores familiares e de relacionamentos.

Descubra os segredos de um envelhecimento saudável.

É muito importante respeitar o espaço e autonomia do idoso

Dicas de como lidar com um pai idoso

Não o sufoque

Alguns filhos exageram nos cuidados, tirando a autoestima e independência do idoso. A perda de controle sobre a própria vida pode ser o fato mais doloroso, no envelhecimento, portanto, dê espaço e incentive-o a cuidar de si mesmo.

Seja presente

Os idosos se sentem muito sozinhos, principalmente quando os filhos ficam ausentes. Essa reação provoca sensação de abandono e desamparo no momento em que eles mais precisam de uma família por perto. É importante realizar visitas constantes e conversar com ele para que não se sinta só.

Deixe-o ter autonomia

Não é justo retirar o trabalho do idoso, se ele ainda deseja continuar em atividade. Portanto se ele gosta de fazer algum tipo de tarefas, deixe que faça (desde que seja seguro). A superproteção pode acabar destruindo a individualidade e os desejos, fazendo com que ele se sinta inútil.

Seja claro

Diante das decisões, evite confusões e debates calorosos, pois exaltar os ânimos não trará nenhum benefício para ambas as partes. É muito importante ser compreensivo e claro nas explicações.

Respeite o espaço dele

Se a família decidiu que o pai deve morar na casa de um dos filhos, o espaço e costumes do idoso devem ser respeitados para que ele se adapte da melhor forma possível.

Seja carinhoso e atencioso

Os idosos costumam ser mais carentes e necessitam de mais atenção. Seja carinhoso e atencioso com seu pai, convide-o para sair e se divertir.

Confira dicas de como viver a vida na terceira idade.

Seja atencioso e carinhoso com seu pai idoso

Para cuidar do seu pai idoso você precisa saber que sua identidade deve ser preservada, da mesma forma como sempre foi. Fazer mudanças bruscas para o idoso pode ser como perder alguém da família. É essencial que os familiares se lembrem de serem pacientes, procurando compreender seus anseios e temores, além de oferecer uma dose extra de carinho e atenção.

Top