Como lidar com os sentimentos de perda

Durante a vida nós ganhamos muitas vitórias, mas não somos preservados de perdas, seja a perda do trabalho, a separação conjugal, bens financeiros que…

A perda nos deixa tristes e deprimidos (Foto: Divulgação)

Durante a vida nós ganhamos muitas vitórias, mas não somos preservados de perdas, seja a perda do trabalho, a separação conjugal, bens financeiros que se vão e até a morte de um bichinho de estimação, parente ou amigo. Fingir que nada aconteceu e tentar esconder de si mesmo o sentimento de tristeza, não ajuda a superar a dor.

Reflita e sinta a dor

Abrindo as mãos para deixar a borboleta ir (Foto: Divulgação)

Ficar imaginando que a perda foi temporária e o que você está vivendo é um pesadelo que logo vai acabar, não é nada saudável e acaba por mascarar a verdade. O ideal é que você reflita sobre o que aconteceu, entenda como aconteceu e se permita sentir dor, chorar e sofrer, afinal esses são sentimentos que fazem parte da vida. Só dessa forma você conseguirá ser fortalecida e encarar a vida novamente de cabeça para cima.

Expresse a dor

Mãos se perdendo uma da outra (Foto: Divulgação)

Semelhante ao alimento que comemos, a dor precisa ser digerida. Uma boa forma de “cair a ficha” para a perda de algo ou alguém que você gostava muito é falando sobre isso, desabafando com um amigo, ouvindo palavras de conforto ou até procurando um especialista psicólogo para acompanhamento nessa primeira e mais difícil fase.

Amadurecimento

Mesmo depois de perder você terá um saldo positivo, o amadurecido por ter vivenciado situações de conflito e de tensão. Nenhum ser humano quer amadurecer em decorrência de situações tristes, isso é óbvio, mas como não escolhemos completamente o rumo das nossas vidas, quando estivermos frente a situações conflitantes e de perdas, saberemos que será um marco para nosso crescimento como pessoa.

Continuar Lendo  Dieta do Limão para perda de peso passo a passo

Não é o fim

Quando o homem de negócios é demitido do emprego dos sonhos ou a mãe de família perde o pai de seus filhos (seja na separação judicial ou por falecimento), a tendência é que quem sofreu a perda sinta-se como no “fim da linha”, sem nada à sua frente, é como se aquele acontecimento também marcasse o fim para elas mesmas.

No entanto, a vida continua, mesmo frente a derrotas, fracassos e perdas de entes queridos, o importante é entender que o acontecimento foi um marco triste, mas que pode ter um final feliz, dependendo de como você vai encarar aquele fato.

Top